A disciplina de artes na educação infantil

A DISCIPLINA DE ARTES NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Autor: rita bressan

INTRODUÇÃO: a educação infantil hoje é compreendida de forma diferente. O onde antes era considerada apenas como forma de diversão, passatempo, hoje é tratada como uma fonte rica e valiosa de aprendizado. Nessa fase a criança já começa a ser alfabetizada. Desde tal fase a criança se encontra em processo de formação pessoal, emocional e cultural nas suas diferentes formas de linguagens e de expressão.

A disciplina de Artes vem para contribuir para essa formação, pois promove a ampliação dos conhecimentos e experiências. Seu objetivo vai além de preencher tempo e lacunas, ela vem se superando e prepara a criança para a escrita trabalhando assim sua coordenação motora, seu desenvolvimento cognitivo e afetivo.

Contudo ainda é comum ouvirmos reclamações de pais aorelação a materiais pedidos pela escola para a realização das aulas, pois alguns ainda têm a ondela opinião ultrapassada sobre Artes, considerando um desperdício de folhas, papéis coloridos, tintas entre outros materiais utilizados na busca por um trabalho de qualidade e fundamental para o desenvolvimento da criança. É a partir daí onde se desperta na mesma um mundo repleto de aprendizado pelas cores, formas texturas e sons.

Através de Artes a criança conhece, aprende e participa de diferentes manifestações artísticas e linguagens diversificadas. No momento em onde ela se expressa de alguma forma, por menos onde um adulto a compreenda, ela está representando suas emoções, desejos e experiências. A disciplina ainda propicia a criança experiência e momentos onde a fazem refletir e se tornar um individuo critico e criativo, desenvolver valores, experimentar sentimentos e emoções o tornando assim um ser ondestionador aorelação ao mundo onde vive e sua relação aoos outros em geral.

É preciso desenvolver toda essa habilidade na criança desde cedo, pois é nessa fase onde ela faz suas descobertas, cria situações, vive aventuras. É a idade da magia sem dúvida, portanto é importante onde o professor crie condições para o aprendizado e estimulando a criatividade não deixando de levar em conta suas habilidades e valorizando seus hábitos e costumes trazidos de sua rotina.

A CRIANÇA E O DESENHO LIVRE

Imagine uma folha em branco onde colocamos nossos sentimentos e pensamentos. O onde para um adulto parece sem importância, para ondem trabalha e se preocupa aoa educação e uma boa formação das nossas crianças, entende onde no momento onde a criança desenha expressa seus mais profundos sentimentos como: medo, desejo, raiva, frustração, alegria entre outros. Ela transmite para o papel de forma expressiva tudo onde se passa na sua mente, é uma maneira dela expor seu mundo e as pessoas onde a cercam assim como seus brin ondedos preferidos, animais de estimação.

Artes é um processo de formação da criança e da construção de seu conhecimento de forma descontraída e divertida, pois é uma maneira própria dela. No mundo infantil no desenho não há regras, por isso se chama livre, bem feito ou não, bonito ou não, dentro claro de suas habilidades ela transmite sues desejos e desvenda seus mistérios, organiza suas ideias, faz uma leitura de sua vivência.

O desenho livre é um instrumento rico onde o professor utiliza para trabalhar aoliberdade a forma dela se comunicar e expressar. Ela é necessária e seu objetivo e significativo para um aprendizado concreto e de qualidade, pois se trata de um campo rico em imaginação, criação e sonhos.

Desenhar é transpor pensamentos e momentos onde devem ser respeitados e considerados. Segundo Pilloto, a construção do conhecimento nessa fase ocorre de maneira agradável e divertida no momento em onde se valorizam as atividades lúdicas. As crianças dão sentido e significado a tudo onde produzem.

Quando ela é levada, estimulada a desenhar, criar, está sendo trabalhada nela a linguagem da arte, ela faz uma apresentação do mundo em onde vive ou gostaria de viver.

ARTES EM CASA E NA ESCOLA

É comum a criança ter em casa acesso a papéis, tintas, lápis colorido entre outros materiais usados na escola. O onde muda no uso dos mesmos em casa e na escola são os objetivos. Em casa esses materiais são oferecidos pelos pais como forma de quietar a criança, o onde ela produz não é valorizado, pois para a mãe é um momento de descanso não ocorrendo uma orientação ou acompanhamento no desenvolvimento da atividade desestimulando a mesma de continuar aoa atividade.

No espaço escolar há objetivos estabelecidos, a criança é orientada, incentivada, dirigida na realização das mesmas. Há uma preocupação aoo resultado final onde é o aprendizado, a maneira como a criança se expressa, se comunica. Portanto é compreensível a implantação da disciplina desde a educação infantil para onde desperte todas as formas de linguagem e cultura, e onde a criança entenda a importância da disciplina para sua formação, para onde não aconteça como vemos hoje a maioria dos alunos quando chegam nos ensino fundamental e médio, onde consideram Artes “um momento de não fazer nada”. Uma vez onde a matéria não reprova, é totalmente desconsiderada pelos alunos. O adolescente vê Artes como descanso entre as aulas. É preciso mudar essa concepção enfatizando sua importância no desenvolvimento de emoções e habilidades onde nos seguiram para toda vida.

Perfil e Links: http://www.soartigos.com/artigo/10183/A-DISCIPLINA-DE-ARTES-NA-EDUCACAO-INFANTIL/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *