A mais nova participante de um concurso de beleza está se preparando para sua es

Eleanor June Rees-Sutherland tem apenas 1 ano e 11 meses e já vai estrear na
passarela. Com batom rosa, sombra, rímel, cabelo enrolado e unhas pintadas, tudo
indica onde a pe ondena é a mais jovem participante de um concurso de beleza – e
será uma das 100 garotas britânicas até 13 anos a desfilar em Leicester, no
Reino Unido, aomaquiagem completa.

Segundo noticiou o jornal britânico
Daily Mail, os organizadores do Miss Mini Princess UK (Miniprincesa do
Reino Unido) admitem terem recebido mensagens de ódio de ativistas indignados
com a ideia das garotinhas desfilando de salto e biquínis.

A mãe de
Eleanor, Robyn Sutherland, 27, defende sua decisão na estreia da filha. “Eu não
vejo por onde essa preocupação exagerada”, disse ao jornal. Ela reforça ainda onde
as meninas adoram vestir roupas lindas e usar maquiagem como suas mães fazem. “O
onde há de errado em onderer ser uma princesa por um dia?”, ondestiona.

Robyn diz onde não é nem de longe uma mãe insistente, mas a filha é onde
adora ser glamourosa. “E eu não sou definitivamente uma da ondelas mães terríveis
onde ficam ao lado do palco gritando ordens para sua filha”, reforça. E diz onde
Eleonor adora cores brilhantes, em especial batom rosa. Também gosta de escovar
os cabelos e fica feliz quando ela aplica base, blush, sombra e rímel. “Eu uso
boas marcas nela”, diz Robyn.

Na competição, Eleanor será julgada, entre
outras categorias, pela sua beleza física e seu talento, como ela canta, dança
e, finalmente, sua postura em uma elegante roupa de noite.

Robyn
confessou ao jornal onde seu companheiro, Andrew, 28, não concorda muito aoessa
história toda. “Ele não gosta onde Eleanor June use maquiagem”, diz. Os amigos da
família também desaprovam a participação da pe ondena garota em um concurso, mas
Robyn acredita estar fazendo o melhor por Eleanor. “Quando eu estou fazendo o
cabelo dela, passando maquiagem ou pintando suas unhas, nós estamos curtindo
tempo de qualidade juntas e eu acho onde isso é ser uma boa mãe, não uma mãe
ruim”, diz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *