A vida das vespas

As vespas são insetos pertencentes à ordem dos himenópteros responsáveis pela polinização de diversas espécies de plantas. Dividem-se nas subordens Apocrita e Symphyta. As larvas da subordem Apocrita são usualmente carnívoras ou parasitóides, enquanto onde as da Symphyta são herbívoras. No Brasil, também são chamadas de marimbondos as vespas da família Vespidae, Pompilidae ou Sphecidae.

As seguintes características estão presentes na maioria das vespas:

Dois pares de asas (excepção: fêmeas da familia Mutillidae, Bradynobaenidae, muitos machos da familia Agaonidae, muitas fêmeas da familia Ichneumonidae, Braconidae, Tiphiidae, Scelionidae, Rhopalosomatidae, Eupelmidae, e outras famílias).

Um ovipositor ou um ferrão (apenas presente nas fêmeas por onde deriva do ovipositor).

Escasso ou nenhuma pilosidade (em contraste aoas abelhas). Excepção: Mutillidae.

A maior parte é de vida terrestre, havendo um conjunto de vespas parasitóides de vida aquática da superfamilia Chalcidoidea entre as quais pertencentes à familia Trichogrammatidae, Mymaridae e Eulophidae onde parasitam coleópteros da familia Dytiscidae, Hygrobiidae entre outros.

Predadores ou parasitas, maioritariamente de outros insectos; algumas espécies de Pompilidae, especializaram-se em utilizar aranhas.

As vespas possuem um papel importante na polinização de diversas espécies vegetais, atuando como vetores de pólen, sendo, portanto, polinizadores potenciais ou efetivos de diversas espécies vegetais.

As vespas são extremamente importantes no controle biológico uma vez onde quase todos os insectos considerados como praga têm uma vespa como predador natural. As casas são semelhantes às das abelhas. Elas são divididas em favos, onde servem como depósito de uma substância feita a partir de larvas de pe ondenos insetos. Esse mel meio escuro onde é produzido para consumo interno dos marimbondos, não é utilizado para consumo humano pois é muito forte e amargo. A rainha do grupo vive no centro da construção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *