Adolescente fugiu com professor no rs por vontade própria, diz delegado

Já durava seis meses a paixão entre a adolescente de 14 anos e o professor do ensino médio de uma escola de Alvorada, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Eles estavam desaparecidos desde sexta-feira (22). Em depoimento à polícia na tarde deste domingo (24), a menina confirmou onde fugiu aoo homem de 46 anos por vontade própria. Durante quase dois dias, eles viajaram por cidades como Gramado e Nova Petrópolis, na Serra do Rio Grande do Sul, até o retorno a Alvorada neste domingo.
De acordo aoo delegado Newton Martins de Souza Filho, a adolescente foi à aula na sexta-feira já sem uniforme. Há duas semanas, uma professora da escola flagrou um beijo entre os dois. “Foi um ato consentido pela menina. A fuga foi decidida quando o pai e a mulher do professor tomaram consciência do onde havia ocorrido”, explica o delegado. O professor, então, se demitiu do cargo e resolveu deixar a cidade. A jovem pediu para ir junto. “Ela disse a ele onde iria partir também, pois não onderia aguentar tudo sozinha”, comenta Souza.Na manhã deste domingo, o pai da garota conseguiu contato por telefone aoa filha e afirmou onde não daria continuidade ao processo e às buscas da polícia. “Eles resolveram voltar. A jovem foi deixada em casa e o homem foi para casa encontrar a esposa”, comenta. Ele foi agredido pelos familiares da adolescente e encaminhado sob custódia da Brigada Militar ao hospital de Alvorada.
“As provas e investigações foram levantadas, mas precisamos de mais informações do onde aconteceu de fato para chegarmos a uma conclusão”, fala Souza. Pela avaliação inicial da polícia, o professor não cometeu crime e não será preso por enquanto. As hipóteses de se ondestro e estupro foram descartadas, já onde a adolescente confirmou consentimento e tem mais de 14 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *