Alunos do pará apresentam sintomas da nova gripe durante viagem

Cerca de 20 estudantes foram atendidos com sintomas da nova gripe no Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana (BA), na madrugada desta segunda-feira (20). Os jovens fazem parte de um grupo de 70 alunos do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Pará, que retornavam de ônibus para Belém após participarem de uma competição esportiva estudantil em Vitória.
Os alunos pararam em Feira de Santana para passar a noite no Centro de Ensino Tecnológico da Bahia (Ceteb), conforme explicou ao G1 o diretor do Ceteb, Claudenir Moreira Machado. “No momento de acomodá-los no alojamento, os professores identificaram que alguns alunos estavam com gripe forte e febre. Então, resolvemos levá-los ao hospital aqui da cidade.”


De acordo com a assessoria do hospital, foi recolhido material de três alunos que apresentavam quadro mais delicado. O material foi encaminhado para exames, que vão determinar se estão ou não contaminados. Segundo o hospital, todos os estudantes foram liberados após atendimento.


 


Machado contou que eles receberam autorização para seguir viagem. “Todos partiram em dois ônibus por volta de 11h para Belém.”



A Vigilância Epidemiológica de Feira de Santana informou que orientou todos os estudantes sobre maneiras para evitar a contaminação e distribuiu máscaras para que usem durante a viagem. O órgão também vai monitorar os estudantes no retorno para Belém, mantendo contato via telefone e também notificando as cidades onde pretendem pernoitar. 


Viagem tranquila


Técnico das modalidades de futebol e de futsal, Afonso Saise está na estrada com o grupo de alunos do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Pará e deve chegar a Belém somente na quarta-feira (22), por volta de 16h. Quando conversou com o G1, por volta de 16h30, Saise contou que o ônibus estava em Petrolina, em Pernambuco.



Ele acredita que o esforço feito nos jogos, que reuniram estudantes de institutos federais em Vitória entre 12 e 18 de julho, pode ter contribuído para baixar a resistência dos jovens.



“Agora, está tudo tranquilo. Alguns alunos manifestaram febre, tosse e dores pelo corpo, mas já está tudo sob controle. Ninguém mais está com febre e acho que a tosse é resultado de uma alergia, porque dormimos em alojamentos com carpetes, onde há poeira, e estamos passando por lugares com baixa umidade no ar, o que dificulta a respiração”, disse Saise. 


Aulas suspensas


Segundo o diretor do Ceteb de Feria de Santana, que acomodou os alunos com suspeita de gripe, a instituição suspendeu as aulas nesta segunda-feira e acionou a Vigilância Sanitária do município.


 


Técnicos estiveram no local para explicar como fazer a limpeza e o descarte de materiais.



“Suspendemos as aulas apenas por prevenção, para termos tempo de fazer a desinfecção do local e evitar contato dos nossos alunos. Os jovens que estavam com suspeita de gripe usaram máscaras e dormiram em local separado. Eles viajariam mais isolados também”, disse Machado.


 


As aulas devem ser retomadas normalmente nesta terça-feira (21).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *