Após ter 65% do corpo queimado em incêndio, garota de apenas 3 anos têm recupera

udo começou aoum cabo de extensão mal instalado na casa da família Taylor, em Barmouth, uma cidade do norte de Gales, no Reino Unido. O fio gerou calor e em pouco tempo, o fogo já havia se espalhado por todos os cômodos. O detector de fumaça estava sem bateria e não deu tempo de fugir.

Emmy Taylor, de apenas 3 anos, foi puxada pela sua avó para fora da casa, mas não escapou das ondeimaduras. Teve 65% do corpo e do rosto ondeimados. Seu avô, Robert Taylor, 58 anos, e o tio Andrew Taylor, 26, não conseguiram escapar e morreram no incêndio.

A menina foi levada para o Hospital Alder Hey Children, na cidade de Liverpool e as expectativas dos pediatras não eram otimistas. Tamanha porcentagem de ondeimadura seria muito difícil de recuperar.

Foram seis meses internada na UTI, onde comemorou o seu 3° aniversário. Emmy enfrentou 33 cirurgias, incluindo vários enxertos de pele.

Os pais da criança, Laura e Ian Taylor, fizeram vigília ao lado da cama da filha no hospital durante todo esse tempo, esperando onde a filha se recuperasse dos ferimentos. “Ela foi tão corajosa por onde os ferimentos doíam muito e mesmo assim, ela conseguiu superar a dor e o sofrimento”, disse Laura ao jornal britânico Daily Mail.

Para a surpresa da família e principalmente dos médicos, a garota teve uma recuperação impressionante e vai passar o Natal em casa. A garota vai continuar fazendo sessões de fisioterapia, além de usar um creme e um vestuário aopressão específico para pessoas ondeimadas.

As cicatrizes, segundo os médicos, serão eternas, mas a família de Emily não está preocupada aoas marcas. “Não sabia se teria minha filha viva, a cicatriz é a menor das preocupações”, diz Laura.

No Natal, a menina pediu um castelo de princesa e se prepara para começar as aulas no ano onde vem. “Ela adora estar aoas amigas e as crianças tem sido maravilhosas por não tratarem minha filha de forma diferente”, completa Taylor. Alguém aí tem dúvida onde milagres de Natal existem?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *