Aquecimento global, qual é o motivo?

O Ciclo do CO2


Inicialmente, esse aumento de temperatura era causado pela destruição das florestas e pela liberação do carbono na atmosfera. Nos últimos 50 anos, a causa dominante tem sido a queima de combustíveis fósseis à base de carbono, como o carvão e petróleo.


Até metade das emissões de carbono podem ser reabsorvidas pelos oceanos e pelas plantas, que crescem rapidamente no ar cheio de dióxido de carbono (CO2). Mas há uma acumulação gradativa que causa um aumento anual em torno de 0,4% na concentração de dióxido de carbono na atmosfera. Desse 1800, a concentração deste gás pulou de 270 partes por milhão (ppm) para 370 ppm, o mais alto nível dos últimos 20 anos.


O Potente Metano 


O segundo gás estufa mais significativo, liberado pela atividade humana, é o metano, 20 vezes mais potente do que o dióxido de carbono. É produzido pela ação de certas bactérias, que se desenvolvem em associação com os seres humanos. Essas bactérias são encontradas, por exemplo, nas entranhas de animais ruminantes, em aterros e em arrozais. Gasodutos e minas de carvão também liberam metano antes aprisionado no subsolo. Outra fonte importante é a vegetação apodrecendo em locais de água estagnada. Estudo recente sugere que esses locais podem ser responsáveis por 1/5 de toda a emissão de metano no planeta, que provoca 7% do aquecimento global. A concentração do gás é a mais alta em 420 mil anos.


A Influência Humana


O homem gera outros gases estufa que influem no aquecimento global, ainda que em menor escala. São eles o óxido nitroso e o ozônio, também produzidos pela natureza, e os clorofluorcarbonetos (CFCs), compostos feitos só pelo homem. Os CFCs foram abandonados em larga escala nos últimos 15 anos para proteger a camada de ozônio. Mas alguns de seus substitutos, como os hidrofluorcarbonetos, os perfluorcarbonetos e os hexafluorestos de enxofre, usados em refrigeradores e outros equipamentos, também colaboram com o aquecimento global – juntos, produzem 3% da contribuição européia.


Conclusões


Neste século, só a duplicação da quantidade de dióxido de carbono na atmosfera pode aumentar a temperatura global em 1º C. Mas os cientistas temem que essa elevação seja maior devido há uma série de complexos efeitos de ação e reação decorrentes deste aumento de CO2. Assim ninguém pode prever com precisão mais projeções do comitê intergovernamental sobre a mudança climática sugere que a temperatura media global neste século pode subir entre 1,4 e 5,8º C. 


Quais os Efeitos Disto?


A intensificação do efeito estufa ameaça tornar o mundo um lugar mais desconfortável. Os detalhes de como irá influenciar o clima, no entanto, permanecem pouco claros. Especialmente por causa dos feedbacks positivos imprevisíveis causados pelo degelo, pelo aumento do vapor de água e pelas mudanças na temperaturas dos oceanos, que podem acelerar a mancha do aquecimento. Uma atmosfera mais quente será também mais dinâmica, com maior intensidade nas tempestades, nas secas, no vento e na chuva. Regiões úmidas se tornarão mais úmidas ; áreas secas, ainda mais secas. O El Niño e as monções asiáticas (ventos fortes do sudeste da Ásia) deverão ser mais violentos. Áreas já afetados pela fome terão menos alimentos, enquanto terras ricas produzirão mais. Alguns ecossistemas migrarão com o clima, enquanto muitos morrerão. Recifes de coral, mangues, florestas tropicais e picos alpinos  desaparecerão. O mundo terá de conviver com uma multidão de vítimas das tragédias climáticas, das epidemias e da escassez de água.  


O Que Nos Simples Cidadões Deste Planeta Podemos Fazer?


Algumas sugestões tecnológicas para a solução, porém o problema sempre esta na falta de vontade política.


Devido o Aquecimento Global ser uma questão mundial há a necessidade de uma ação em conjunto de todos ou pelo menos a grande maioria dos paises do mundo. Mais o que ocorre e que cada pais tem suas dificuldades e prioridades deixando a questão sempre em segundo plano, ou seja governantes não podem propor a ratificação do protocolo de kyoto em detrimento da economia sem perder votos e apoio de grandes grupos econômicos. Pois o seu eleitor muitas vezes não tem a questão como prioridade ou as vezes nem conhece sobre o assunto mais tem a economia como prioridade. Empresas não querem nem ouvir falar no assunto pois a ratificação do protocolo de Kyoto implicaria em novos investimentos em equipamentos para a redução de emissão de CO2 e outros gases que ocasionam o efeito estufa  ou a mudança da matriz energética.


Pois bem a proposta é a seguinte: Se os governantes perceberem que o seu eleitorado é sensível a questão (e os políticos são muito atentos as opiniões e tendência do eleitorado) darão maior prioridade a questão ambiental. Se as empresas perceberem que seus consumidores estão mais propensos a consumirem um produto que tenha como valor agregado o combate ao aquecimento global como por exemplo um certificado impresso na embalagem atestando que o seu produto ao ser fabricado não produz CO2 ou que um determinado automóvel tem menores índices de emissão de  gases-estufa.


A proposta não é de afrontamento ou de protesto isto é coisa para os profissionais da área os militantes ambientalista. Esta proposta é dirigida a todos os cidadões como eu como você, trabalhadores, empresários, estudantes, donas de casa, profissionais liberais enfim pessoas de toda a sociedade e com interesses diversos, porém conscientes e informados sobre esta questão do aquecimento global que nos afeta a todos independente do pais onde vivemos ou da nossa classe social conseqüentemente com uma mudança de postura na maneira de votar ou de consumir isto sim que ajudará em muito com que governos e empresas priorizem a questão pois nos cidadões somos a base política e econômica. Esta mudança de postura não será um choque nem uma revolução mais sim uma mudança espontânea, onde os governos e empresas terão que se adaptar a seus eleitores e consumidores ou seja terão que adaptarem-se as mudanças da sociedade.


O desenvolvimento da atividade humana não produziu somente problemas como o aquecimento global, a humanidade experimenta atualmente níveis de riqueza nunca antes observados, porem precisamos saber resolver os efeitos colaterais deste desenvolvimento efeitos estes como o aquecimento global que não foi previsto, mais pode ser resolvido.


Uma das coisas boas que o desenvolvimento tecnológico produziu foi a internet e justamente esta ferramenta que pode propiciar um movimento no sentido de conscientizar as pessoas sobre a questão pelo mundo a fora, independente da língua, crenças ou cultura em prol de um bem comum a toda a humanidade.


 

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *