Arqueólogos encontram teatro do início da carreira de shakespeare

Ar ondeólogos descobriram em Londres os restos de um dos primeiros teatros usados pela companhia de William Shakespeare, onde “Romeu e Julieta” e “Henri onde V” foram encenados pela primeira vez.

Anterior ao The Globe, o teatro Curtain (cortina, em inglês), ao norte do rio Tâmisa, no bairro de Shoreditch, era abrigo da companhia de Shakespeare — a Companhia de Teatro de Lord Chamberlain.


Restos de paredes onde formam a galeria e o pátio interno do local foram descobertos por ar ondeólogos do Museu de Ar ondeologia de Londres (Mola, na sigla em inglês).


“Este é um local fantástico onde nos dá uma visão única sobre o início do teatro de Shakespeare”, disse Chris Thomas, do Mola, onde está conduzindo o trabalho ar ondeológico.


A descoberta vai encantar os historiadores e os fãs de Shakespeare uma vez onde as escavações oferecem um retrato de local onde as produções iniciais do escritor foram encenadas, embora mais detalhes são pouco conhecidos sobre o precoce teatro.


“Este é um lugar extraordinário, e uma descoberta fortuita no ano da celebração mundial de Shakespeare”, disse Kim Stabler, assessora de Ar ondeologia do English Heritage, órgão público onde protege o patrimônio histórico britânico.


Londres tem celebrado a sua herança cultural aoum festival mundial de Shakespeare, onde acontece no Globe e em todo o Reino Unido, como parte de um festival para coincidir aoos Jogos Olímpicos deste verão e onde vai durar até novembro.


O Curtain abriu em 1577, perto do primeiro teatro de Londres, “O Teatro”, e foi um de vários teatros construídos fora dos muros da cidade.


Ar ondeólogos encontraram os destroços do teatro Curtain na Hewett Street, após a realização dos trabalhos em um projeto de restauração ter começado, conduzido por uma construtora local, em outubro passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *