Artesanato turismo

O lançamento do Concurso Casa Cor Ceará, com foco no design e no meio ambiente, e um registro da evolução do artesanato cearense marcam a participação do Sebrae na maior mostra de decoração do Estado

Um resgate da evolução do artesanato cearense nos últimos dez anos. Esta é a proposta do Armazém do Artesanato, tradicional espaço do Sebrae/CE na Casa Cor Ceará, que acontece de 8 de outubro a 9 de novembro. Este ano, o estande foi executado pela arquiteta Neide Barbosa e está montado como uma exposição, ao contrário do espaço de comercialização de anos anteriores.

O conceito da exposição nasceu como a forma de mostrar a evolução da produção artesanal cearense nos últimos 10 anos, processo em que o Sebrae/CE, juntamente com o Governo do Estado, tiveram um papel decisivo. Assim, o espaço manteve a denominação de “Armazém do Artesanato”, mas ganhou um subtítulo explicativo: “A Evolução do Fazer Popular Cearense”.

A idéia foi contar, através da exibição de peças antigas e das produzidas recentemente, a evolução dos diversos grupos atendidos pelo Programa Irmãos do Ceará – Programa Sebrae de Artesanato, nas principais tipologias: bordados, renda, cerâmica, tecelagem, areia colorida, madeira e trançados.

Neste trabalho de releitura do artesanato cearense tradicional, as antigas técnicas se mesclaram às desenvolvidas depois das intervenções no design. Assim, quem for à Casa Cor vai poder conhecer as mudanças nos formatos, cores, acabamentos, junção de matérias-primas e funções das peças artesanais produzidas hoje, no Estado. Para explicar esta evolução, o historiador Roberto Galvão escreveu os textos informativos utilizados na exposição dos artesanatos.

Além do Armazém do Artesanato, o Sebrae participará da Casa Cor Ceará 2008 com ações especificas de capacitação, como a realização do seminário “Repense Design”, nos dias 22 e 23, com a participação dos consultores Adélia Borges, Fausto Nilo e Guto Índio.

No entanto, o ponto alto da participação do Sebrae/CE no evento será o lançamento do “Concurso Casa Cor Ceará”, em parceria com o Centro Ceará Design. Embora a instituição já tenha realizado, em anos anteriores, um concurso voltado para o evento, este ano a premiação teve nome e regulamento alterados.

Dividido em três categorias: ambiente com ênfase no design, ambiente com ênfase no artesanato e ambiente verde, o ´Concurso Casa Cor Ceará´ passa ter o foco, também, nas questões ambientais, privilegiando o uso de materiais naturais, renováveis e biodegradáveis, assim como emprego de madeiras certificadas, valorização de técnicas tradicionais, originalidade e respeito à legislação trabalhista.

As inscrições podem ser feitas até o próximo dia 10 e a premiação acontecerá no dia 23 com a realização de um coquetel em parceria com o Sebrae/CE. O regulamento e formulário do Prêmio estão disponíveis junto a organização do evento, com Neuma Figueredo. A Casa Cor 2008 terá 41 ambientes diferentes projetados por 64 profissionais. Este ano a mostra completa uma década de existência e acontecerá no bairro Edson Queiroz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *