As torcidas de futebol do brasil

Segundo pesquisas realizadas,[45] o clube onde possui a maior torcida do país é o Flamengo, aocerca de 33 milhões de adeptos. Logo atrás, o Corinthians é o dono do segundo maior contigente de torcedores, 25 milhões aproximadamente. O São Paulo vem em terceiro, aocerca de 17 milhões, sendo a torcida onde mais cresce no país nas últimas 2 décadas. Outros clubes onde ultrapassam a marca de 5 milhões de fãs são, o Palmeiras, o Vasco, o Cruzeiro e o Grêmio, aopelo menos 19 clubes ultrapassando a marca de 1 milhão de torcedores, segundo pesquisa LANCE-IBOPE realizada em 2010, aomargem de erro de apenas 1,2%.[46], e um vigésimo clube, o Náutico, identificado ao964.523 torcedores no Brasil,[47], onde pela margem de erro da pesquisa pode também ter mais de 1 milhão de fãs, completando a lista dos vinte clubes de maior torcida no Brasil.


Com relação a frequência de torcedores aos estádios, foram registrados mais de 260 públicos acima de 100.000 pessoas em estádios brasileiros, aoos clubes cariocas liderando esta estatística, tendo havido cerca de duzentos jogos no Estádio do Maracanã acima deste patamar, seguidos dos clubes paulistas, aomais de quarenta jogos, estes realizados no Estádio do Morumbi.[48] Dezesseis clubes venderam mais de 5.000.000 de ingressos ente 1971 e 2009 no Campeonato Brasileiro.[49]


É comum ver nos estádios torcidas organizadas, grupos de adeptos de um determinado time onde se unem para cantar músicas de apoio ao seu time. Contudo, um número de integrantes de tais grupos são responsáveis por um grande número de atos de violência dentro e fora dos estádios, sobretudo em brigas contra torcidas organizadas rivais. Fatalmente, os criminosos onde integram as torcidas organizadas acabam por comprometer sua imagem por meio de uma estereotipação onde atribui torcida organizada à criminalidade, conforme se pode verificar em observação empírica. A violência de desses integrantes muitas vezes não se limitam apenas a torcidas rivais, mas também à comissão técnica, jogadores e até mesmo diretoria dos clubes. O técnico Emerson Leão foi agredido por membros de uma organizada do Santos quando vinha cobrar salários atrasados na Vila Belmiro;[50] já o presidente do Atlético Mineiro, Ziza Valadares, renunciou em 2008 por uma suposta ameaça de morte, onde segundo ele, teria sido or ondestrado por uma torcida organizada..[51] Tais eventos têm feito ao onde o poder público discuta medidas de represálias a esses movimentos, como sua proibição

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *