Aspectos genéticos e fenotípicos de características produtivas






























































Dissertação de Mestrado
Título original Aspectos genéticos e fenotípicos de características produtivas, temperamento e repelência em bovinos da raça Nelore
Autor Balieiro, Cristiano de Carvalho
E-mail [email protected]
Unidade Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA)
Área de concentração Qualidade e Produtividade Animal
Orientador ¤ Eler, Joanir Pereira
Banca Examinadora ¤ Eler, Joanir Pereira
¤ Ferraz, José Bento Sterman
¤ Figueiredo, Luís Gustavo Girardi
Data da Defesa 14/03/2008
Palavras-chave ¤ Bovinos de corte
¤ Parâmetros genéticos
¤ Taxas de endogamia
¤ Tendências endogâmicas
¤ Tendências fenotípicas
¤ Tendências genéticas
Resumo Original
O objetivo geral deste trabalho foi avaliar aspectos fenotípicos e genéticos de características de crescimento, temperamento e repelência em bovinos da raça Nelore. As características analisadas neste trabalho foram peso ao nascer (PN, N=13.374), peso a desmama (PD, N=19.835), peso ao sobreano (P18M, N=15.291), ganho de peso da desmama ao sobreano (GP345, N=12.873), ganho de peso da desmama ao sobreano diferenciado (GP345DIF, N=12.873), temperamento (TEMP, N=13.253) e repelência (REP, N=1.859). O arquivo de pedigree foi constituído por 30.233 animais. Os componentes de variância, (co)variância, parâmetros genéticos, bem como as predições dos valores genéticos foram estimados por máxima verossimilhança restrita (REML). As estimativas de herdabilidade observadas para PN, PD, P198M, GP345, GP345DIF, TEMP e REP foram 0,22, 0,34, 0,34, 0,12, 0,12, 0,15 e 0,18, respectivamente. As estimativas de correlação genéticas verificadas foram 0,50 (PD e PN), 0,96 (PD e P18M), 0,49 (PD e GP345), 0,55 (PD e GP345DIF), 0,41 (PD e TEMP) e 0,20(PD e REP). As tendências fenotípicas para as características avaliadas foram todas negativas (P<0,01), a exceção de PD (P>0,05). As tendências genéticas para as características avaliadas foram todas positivas (P<0,01), a exceção de REP (P<0,01) que apresentou tendência negativa. As taxas de endogamia individual, paterna e materna apresentaram comportamento crescente (P<0,01) ao longo do período de estudo. Foram verificados efeitos significativos dos coeficientes de endogamia individuais sobre todas as características avaliadas, a exceção de TEMP. Os coeficientes de endogamia paternos influenciaram significativamente as características P18M, GP345 e GP345DIF. Por outro lado, a endogamia materna influenciou significativamente as características PD, GP345 e GP345DIF.
Título em Inglês Phenotypic and genetic aspects to productive traits, temperament and resistance in Nelore beef cattle
Palavras-chave em Inglês ¤ Beef cattle
¤ Genetic parameters
¤ Genetic trends
¤ Inbreeding rates
¤ Inbreeding trends
¤ Phenotypic trends
Resumo em Inglês
The general aim of this study was evaluated phenotypic and genetic aspects to growth traits, temperament and resistance in Nelore beef cattle. The traits analyzed in this study were birth weight (BW, N=13,374), weaning weight (WW, N=19,835), weight to over year (W18M, N=15,291), weight gain from weaning to over year (WG345, N=12,873), differentiated weight gain from weaning to over year (WG345DIF, N=12,873), temperament (TEMP, N=13,253) e resistance (RES, N=1,859). The pedigree information was composed by 30,233 animals. Variance and (co)variance components, genetic parameters, as well as predict breeding values were estimated using restricted maximum likelihood analyses (REML). Heritability estimates for BW, WW, W18M, WG345, WG345DIF, TEMP and RES were 0.22, 0.34, 0.34, 0.12, 0.12, 0.15 e 0.18, respectively. The genetics correlations verified were 0.50 (WW and BW), 0.96 (WW and W18M), 0.49 (WW and WG345), 0.55 (WW and WG345DIF), 0.41 (WW and TEMP) and 0.20 (WW and RES). All phenotypic trends to the evaluated traits were negatives (P<0.01), except for WW (P>0.05). All genetic trends to the evaluated traits were positives (P<0.01), except for RES (P<0.01) which presented negative trend. The individual, paternal and maternal inbreeding rates showed increasing behavior (P<0.01) along the study period. Were verified significant effects of individual inbreeding coefficients in all evaluated traits, except for TEMP. The paternal inbreeding coefficients affected significantly the W18M, WG345, WG345DIF traits. Even so, the maternal inbreeding coefficients affected significantly the WW, WG345, WG345DIF traits.
Arquivos








Nome Tamanho
¤ 5316018.pdf 369.31 Kb
Data de Publicação 30/04/2008

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *