Assembleia da bahia realizou o primeiro seminário estadual das redes sociais

ASSEMBLEIA DA BAHIA REALIZOU O PRIMEIRO SEMINÁRIO ESTADUAL DAS REDES SOCIAIS

A Assembleia Legislativa da Bahia, realizou ontem (18/11/), o primeiro Seminário Estadual sobre Redes Sociais, no Estado.
Com a proposta, de apresentar uma visão técnica, sobre a utilização das redes sociais, como ferramenta de comunicação, divulgação política e institucional, teve como público alvo, gestores públicos, assessores de imprensa e comunicação, jornalistas, ouvidores, profissionais da área de tecnologia da informação e acadêmicos.

Fabíola Farage, Gerente de Comunicação em Mídias Digitais da, (ALMG), abordou o tema, planejamento estratégico, portal e redes sociais, mostrando a experiência da Assembleia Legislativa de Minas Gerais.Fábio Bito Teles, Consultor de Capacitação da empresa, PaperCliq falou sobre Gestão e Monitoramento de Redes Sociais. Simone Ravazzolli, Diretora da Coordenação de Participação Popular, da Câmara Federal, explanou sobre as Redes Sociais e Participação Política. Já, Murilo Pinto, Coordenador de Multimeios – Superior Tribunal de Justiça teve como tema, a Comunicação Institucional e o discurso ideal e único a ser exibido nas Redes Sociais.
O evento teve grande participação de profissionais da área, os palestrantes deram um show de conhecimentos e de transferências de informações de forma clara e simples, de como lidar com esta nova ferramente de entretenimento com seu público alvo.

Um assunto chamou a atenção no evento, o Jornalista Eniédson Ferreira, que cobre a Assembleia da Bahia, expôs as dificuldades dos jornalistas em produzir matérias, sobre a Assembleia da Bahia, a forma arcaica da casa em não disponibilizar no site da instituição as atas das comissões de forma (on line), levando cerca de 30 dias para ser liberadas para os cidadãos e jornalistas, enquanto que as atas das comissões da Câmara Federal, são postadas no site da Câmara no decorrer da sessão a cada cerca de 30 minutos, antes mesmo de encerrar suas atividades, já estão disponível para a população e os profissionais da imprensa realizar seus trabalho com mais rapidez.(Eniédson Ferreira – Jornalista)

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *