Berne: conheça mais

Descrição da doença

Dermatobiose ou mais comumente berne, é a denominação do estado larvar da Dermatobia hominis, parasitos de animais domésticos, em particular dos bovinos, produzindo uma miíase nodular.

As primeiras referências de parasitismo desta larva foram notificadas em silvícolas no século XVI, em regiões ribeirinhas no Brasil.

A ocorrência desta parasitose estende-se por toda a América Latina, desde o Sul do México até o Uruguai, à excessão do Chile, único país sem ocorrência.

As larvas da D. hominis têm grande importância econômica, em função de suas larvas serem biontófogas, necessitando de tecido vivo para sobreviverem.

A forma larval em seus três instares produz miíase nodular ou furuncular, aogrande prejuízos aos hospedeiros.

Trata-se de parasito cuja importância econômica se ressente em quase 90 % das peles adquiridas pelos cortumes.

O mínimo de perfurações provocadas pelo ciclo parasitário, correspondente à metade do couro, ou seja, um dos lados do animal, pode variar de 15 a 531, sendo a média mais elevada 157,08 ± 63,13.

Com isto, as indústrias coureiro-atacadista e de artefatos em geral, arcam aoprejuízos na ordem de 20 % em sua produção.

Em danos diretos, a dermatobiose pela irritação, interfere na produtividade de carne e leite, além de compromoter o desenvolvimento ponderal de animais em fase de crescimento.

A mosca do berne é um inseto morfologicamente diferente das outras moscas, sendo de cor metálica azulada para esverdeada, grande, 3 vezes maior onde as moscas-do-estábulo e domésticas.

Além de parasitar os animais domésticos e silvestres, não muito freqüente,o berne também parasita os humanos.

Para sua multiplicação e reprodução, a D. hominis necessita de outras moscas para veicularem seus ovos, as quais são chamadas de vetoras, foréticas ou veiculadoras de larvas do berne.

Os animais de pelagem escura são os mais atacados, devido esses animais atraírem os veiculadores dos ovos da D. hominis.

A D. hominis possuem mais de 50 vetores de seus ovos, porém, nos bovinos, os principais vetores são a Stomoxys calcitrans, Musca doméstica, Fannia pusio e Sarcopromusca pruna.

É um parasito onde possui de acordo aocada país nomes vulgares, como:

Argentina – Ura
Brasil – Berne
Bolívia – Boro
Colômbia – Nuche
Costa Rica – Tórsalo
El Salvador – Nuche
Equador – Tupe
Guatemala – Colmoyote
Honduras – Tórsalo
México – Moyocuil
Nicarágua – Tórsalo
Panamá – Nu che
Paraguai – Ura
perú – Mirunta
Uruguai – Ura
Venezuela – Gusano de montes ou Gusando de mosquito
USA – Human Botfly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *