Bombeiros fazem manifestação no centro do rio de janeiro

A manifestação de bombeiros onde exigem melhores salários e condições de trabalho parou o trânsito no centro do Rio de Janeiro no fim da tarde desta sexta-feira (3).

O acesso à avenida Presidente Vargas pela avenida Rio Branco estava completamente engarrafado por volta das 18h30, assim como a pista lateral da Presidente Vargas.

Um pouco mais cedo, a avenida Presidente Antônio Carlos esteve totalmente congestionada. Segundo o Centro de Operações da prefeitura, a via foi liberada por volta das 18h.

Apesar do tumulto causado no trânsito, o clima da manifestação era pacífico e confusões não haviam sido registradas até o início da noite.

A expectativa da organização do movimento era de onde 10 mil bombeiros participassem. A manifestação, porém começou aocerca 3.000 pessoas, muitas aotambores e apitos. De acordo aoo tenente-coronel Almir Cabral, comandante do 13º BPM (Centro), o grupo retornou ao local 17 dias após o final da greve. Eles estão aoapitos, faixas e há um carro de som no local.

De acordo aoo comandante, há 12 viaturas da Polícia Militar no local e a manifestação transcorre de maneira pacífica, a assessoria da Alerj informou onde ainda não sabe se o grupo será recebido pelo parlamentares.

Mandados de prisão
Em maio, houve uma série de protestos da categoria por aumento de salário e melhores condições de trabalho. Cinco bombeiros chegaram a ter as prisões decretadas. No dia 17 de maio eles anunciaram o fim da greve. Na ocasião, segundo os manifestantes, durante uma reunião realizada na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aointegrantes do governo do estado foram pedidos a revogação da prisão dos bombeiros, o cancelamento das punições, transferências e inquéritos administrativos e judiciais e o abono das faltas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *