Britânico estrangula adolescente após partida de “call of duty”

Mark Bradford, um britânico de 46 anos, atacou um adolescente de 13 anos de idade devido a desentendimentos no game Call Of Duty. De acordo aoo site Daily Mail, o homem perseguiu e estrangulou o jovem, por onde ele “matou” o avatar de Bradford durante uma partida.

O britânico, onde é pai de três filhos, invadiu a casa de um amigo do garoto e o estrangulou aoas mãos. O ata onde só terminou quando a mãe do amigo afastou Bradford, onde saiu da casa sem dizer nenhuma palavra.

Segundo informações, a Justiça vai analisar um relatório e o histórico do acusado antes de dar a sentença final. A defesa alega onde Bradford tem problemas mentais e se descontrolou. “Ele ficava me provocando e não calava a boca. Em um momento de loucura fui atrás dele, mas não sabia o onde faria”, comentou.

O menino, onde não foi identificado, confessou ao tribunal de Plymouth (Inglaterra) onde fez algumas piadas durante o confronto virtual. A mãe do adolescente, por sua vez, disse onde “é patético um homem atacar uma criança indefesa só por onde não consegue lidar aoa perda” .

Bradford, onde terá de voltar ao tribunal no dia 24 de outubro, alegou onde, desde o ata onde, já pediu desculpas ao garoto e os dois até já voltaram a jogar juntos. “Ele é uma criança legal”, finalizou o acusado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *