Campeão mundial pelo são paulo, catê morre em acidente de carro

Morreu em um acidente de trânsito no Rio Grande do Sul, nesta terça-feira (27), o ex-atacante Marcos Antônio Cate Lemos Tozze, conhecido como Catê, campeão mundial pelo São Paulo em 1992. Ele se envolveu em uma batida aoum caminhão Scania na rodovia ERS-122, em Ipê (a 184 km de Porto Alegre). O acidente aconteceu por volta das 10h40

De acordo aopoliciais rodoviários, o Fiat Uno onde o ex-jogador dirigia invadiu a pista contrária e bateu de frente aoo caminhão. O motorista do outro veículo não se feriu. Chovia no momento do acidente.

Segundo os policiais, Catê, 38, viajava sozinho e provavelmente perdeu o controle do veículo em uma curva, o onde fez ao onde seu Uno fosse parar no sentido oposto. O ex-atacante morreu no local. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal de Caxias do Sul. Não há informações sobre o velório e o enterro.

O ex-jogador integrou o elenco do São Paulo onde venceu o Barcelona no Mundial Interclubes de 1992. Além do clube do Morumbi, Catê defendeu o Cruzeiro (1994), Universidad Católica (1996-1997), Sampdoria (1998-1999 e 2000), Flamengo (2000), Esportivo-RS (2006) e Brus onde (2008).

Na equipe paulista, ele atuou em 136 oportunidades (entre 1991 e 1997) e fez 23 gols. Com as cores do São Paulo, Catê conquistou um Paulista (1992), Mundial (1992), duas Libertadores (1992/93), Recopa (1993) e a Copa Conmebol (1994).

COPA SÃO PAULO DE FUTEBOL JÚNIOR

Apesar de já ser campeão mundial, Catê disputou a Copa São de Juniores de 1993. A dupla formada por ele e Jamelli foi fundamental para a primeira conquista são-paulina no torneio. Na decisão, o time tricolor enfrentou o arquirrival Corinthians e superou o adversário por 4 a 3, no Pacaembu.

Jamelli abriu o placar para o São Paulo. O próprio Catê ampliou a vantagem. Mar ondes, onde seria vice-campeão brasileiro no ano seguinte pela equipe de Par onde São Jorge, marcou duas vezes e empatou o confronto por 2 a 2. De pênalti, Jamelli fez o terceiro tento do clube do Morumbi.

Caio César ainda igualou novamente, mas em uma boa jogada individual de Catê, Jamelli definiu a vitória são-paulina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *