Cantores brasileiros angela maria

Ângela Maria, nome artístico de Abelim Maria da Cunha (Conceição de Macabu, 13 de maio de 1928) é uma cantora brasileira.


Começou cantando em coro de Igreja. Enquanto trabalhava numa fábrica de lâmpadas, participava, às escondidas, de programas de calouros. Adotou o nome de Ângela Maria para não ser identificada pela família. Como ganhava todos os concursos, foi cantar no famoso Dancing Avenida e depois na rádio Mayrink Veiga. Em 1951 gravou o primeiro disco. Veio assim o sucesso que sempre a acompanhou. Atuou em cinema, no longa-metragem Portugal, Minha Saudade (1973).


Ângela Maria consagrou-se como uma das grandes intérpretes do gênero samba-canção (surgido na década de 30), ao lado de Maysa, Nora Ney e Dolores Duran.


Gravou dezenas de sucessos como Não Tenho Você, Babalu, Cinderela, Moça Bonita, Vá, mas Volte, Garota Solitária, Falhaste coração, Canto paraguaio, A noite e a despedida, Gente humilde, Lábios de mel, etc.


Em 1996, foi contratada pela gravadora Sony Music e lançou o CD Amigos, com a participação de vários artistas como Roberto Carlos, Maria Bethânia, Caetano Veloso, Chico Buarque, entre outros. O trabalho foi um sucesso, celebrado num espetáculo no Metropolitan, atual Claro Hall (Rio de Janeiro), e um especial na Rede Globo. O disco vendeu mais de 500 mil cópias.


Foi uma fase muito feliz da carreira da cantora que, no ano seguinte, apresentou o álbum Pela Saudade que Me Invade, com sucessos de Dalva de Oliveira, e um ano depois gravou, com Agnaldo Timóteo, o CD Só Sucessos, também na lista dos cem álbuns nacionais mais vendidos. Após a saída da Sony, Ângela voltou a gravar em 2003, desta vez pela Lua Discos, o Disco de Ouro, com um viés eclético, abrangendo compositores que vão de Djavan a Dolores Duran.



[editar] Atriz



  • 1975 – A Extorsão.
  • 1973 – Portugal… Minha Saudade
  • 1967 – Carnaval Barra Limpa
  • 1966 – 007 1/2 no Carnaval
  • 1961 – Caminho da Esperança
  • 1961 – América de Noite
  • 1959 – Dorinha no Society
  • 1959 – Quem Roubou Meu Samba?
  • 1957 – Metido a Bacana
  • 1957 – O Negócio Foi Assim
  • 1957 – Rio Fantasia
  • 1957 – Rio Zona Norte
  • 1957 – O Samba na Vila
  • 1957 – Feitiço do Amazonas
  • 1956 – Com Água na Boca
  • 1956 – O Feijão é Nosso
  • 1956 – Tira a mão daí!
  • 1956 – Fuzileiro do Amor
  • 1956 – Fugitivos da Vida
  • 1955 – Carnaval em Marte
  • 1955 – O Rei do Movimento
  • 1954 – Rua Sem Sol
  • 1952 – Com o Diabo no Corpo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *