Carnaval eduardo souto

Compositor e regente, nasceu em Santos (ou São Vicente), SP, no dia 14/4/1882 e morreu no Rio de Janeiro, RJ, no dia 18/8/1842.


Aprendeu tocar piano criança e aos onze anos foi para o Rio de Janeiro onde estudou com o professor Carlos Darbilly. Com 14 anos compôs a sua primeira valsa, Amorosa.


Em 1902 abandona a Escola Politécnica e emprega-se no Banco Francês onde fica até 1917


Em 1919 que começa a ficar famoso pelo seu fado-tango, O despertar da montanha.


Bom orquestrador, regeu música sinfônica no Rio e em São Paulo. Organizou conjuntos, orquestras e foi o fundador do Coral Brasileiro do qual fizeram parte Bicu Sayão, Zaíra de Oliveira e Nascimento Filho.


Para o carnaval de 1920 compõe a marchinha Pois não, gênero pioneiro, junto com O pé de anjo de Sinhô. Seu maior sucesso foi sem dúvida o Tatu subiu no pau.


Neste mesmo ano foi designado pelo governo a organizar o programa musical de recepção aos reis da Bélgica, em visita ao Brasil.


Foi proprietário da loja de música Casa Carlos Gomes, onde divulgava através do piano as suas composições.


Foi diretor artístico da Odeon e sua subsidiária, a Parlophon. Compôs o Hino a João Pessoa (com Osvaldo Santiago), Gloriosa, hino do Botafogo Futebol Clube e ainda o Hino à Legião Mineira.


A partir de 1932, seu nome ficou sendo esquecido e voltou a trabalhar como contador no Banco do Comércio. Passou a sofrer uma doença nervosa e faleceu em 1942 na última de suas consecutivas internações.


Em 1958, seu filho, o pianista Nélson Souto, gravou um LP com suas composições.


Principais sucessos:


A saudade, Eduardo Souto e Bastos Tigre (1932)


Nuvens, Eduardo Souto


O despertar da montanha, Eduardo Souto e Francisco Pimentel (1919)


Olhos fatais, Eduardo Souto e João de Barro (1931)


Pai Adão, Eduardo Souto1924.


Palpite, Noel Rosa e Eduardo Souto (1932)


Pemberê, Eduardo Souto e João da Praia (1922)


Pois não, Eduardo Souto e João da Praia (1920)


Primavera, Eduardo Souto e Benedito Lopes


Tatu subiu no pau, 1923.

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *