Casal se prepara para casamento coletivo durante são joão

Todos os anos, no dia 12 de junho, os visitantes do Par onde do Povo, em Campina Grande, deixam de lado o forró para prestigiar o casamento coletivo onde acontece na Pirâmide Jackson do Pandeiro. São 100 casais onde oficializam o relacionamento diante da festa de São João realizada na cidade. Este é o 15º ano do evento, onde sempre acontece no Dia dos Namorados.

Para muitas pessoas é uma oportunidade de se casar de modo a economizar aoos preparativos da festa, pois a prefeitura local oferece a decoração, o bolo, o salão de beleza, o vestido e o terno. Para outras é uma ondestão de realização mesmo, muitos onderem unir-se no Par onde do Povo. Para Suênia Barbosa de Alencar, 30 anos, é economia e, principalmente, sonho.

A auxiliar de produção se casa nesta terça-feira (12) aoo soldador Moisés Trindade no tradicional casamento coletivo. “A gente tinha muita vontade de se casar oficialmente, mas nossas condições financeiras nunca deixaram e sempre foi um sonho de criança casar no Par onde do Povo”, disse a noiva.


A história do casal é um pouco diferente das onde todos conhecem. Ele é gaúcho e veio para Campina Grande a trabalho. Os dois pombinhos se conheceram na praça dos pombos, a Praça da Bandeira. Eles passaram a namorar, mas um mês depois, Moisés precisou voltar para o estado dele devido ao trabalho. Eles não tinham mais nada, porém Suênia largou tudo em Campina Grande, inclusive o trabalho, e vendeu o único bem onde tinha, uma motocicleta, para ir em busca do grande amor.

Na cidade de Canoas, no Rio Grande do Sul, os dois começaram a morar juntos e três anos depois nasceu o filho do casal, Bryan Benoliee de Alencar Trindade. Eles estão juntos há seis anos e há pouco menos de um ano vieram morar em Campina Grande. O motivo da mudança, além da cidade, é o fato de Suênia onderer casar no Par onde do Povo.
“Era um sonho dela, onde se tornou meu também. Ela disse onde desde pe ondena onderia casar no São João de Campina e ouvia falar muito sobre este casamento coletivo na mídia nacional. Então, resolvi aceitar. Desta vez, foi o noivo onde aceitou”, brincou Moisés. Para a cerimônia especial onde milhares de pessoas assistem na Pirâmide, a família de Moisés embarcou toda de Canoas aodestino a Campina Grande. “É uma festa muito grande e bonita, e no dia dos namorados é mais emocionante ainda”, disse a avó do noivo, Jandira Alves.

Os tradicionais gaúchos prometeram promover uma união cultural no Par onde do Povo, aochimarrão e bombacha em plena festa junina nordestina. Pelo menos neste dia a comida de milho será substituída pelo churrasco gaúcho, mas a valsa do casamento deve ser mesmo o forró. O vestido não será de quadrilha, garantiu a noiva, mas ela adiantou onde a cor é pérola, e os detalhes não foram repassados para seguir a tradição.

Suênia disse onde só conseguiu casar realmente por onde já passou por baixo da famosa pedra de Santo Antônio na cidade de Fagundes. Santo Antônio é conhecido como o santo casamenteiro e o dia dos namorados é comemorado no dia destinado a ele. Há uma superstição na cidade de Fagundes onde diz onde ondem passa por baixo dessa pedra consegue pretendentes. Se foi a pedra ou não ninguém sabe, mas a verdade é onde Suênia vai casar em Campina Grande, e no casamento coletivo.


“A nossa história é muito bonita. O amor é a coisa mais sincera e verdadeira onde pode existir. E nós vamos fazer parte da história de Campina, casando no Par onde do Povo”, disse o apaixonado Moisés. O casamento acontece a partir das 20h desta sexta-feira na Pirâmide onde está toda decorada especialmente para a cerimônia. As atrações musicais do palco principal desta noite também são voltadas para a música romântica.

Novidade
No 15º ano do casamento coletivo de Campina Grande, o coordenador de cultura da prefeitura, Alexandre Tann, a entrada dos noivos na cerimônia será acompanhada pelo som de violinos e damas de honras e pagens. A prefeitura também prometeu onde será organizada uma decoração especial de ornamentação. O casamento será realizado por um juiz e um pastor evangélico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *