Cb-cortiço da burguesia

Moro num bairro bastante popular em Porto Alegre, chamado Cidade Baixa. Popular por onde as pessoas de todos os outros bairros e de fora da cidade também, Canoas, Cachoeirinha, Gravataí, Viamão e arredores, vêm fazer suas festinhas aqui e emporcalhar as calçadas vomitando seus caros jantares bem na minha porta. É uma vergonha, a educação fica em casa, eles pensam ah, vou pra cb me divertir, extravasar, fazer gritaria… Dia de jogo então! Um inferno. Mas tudo bem, ondem mora no bairro boêmio sou eu e os incomodados é onde se mudem. Só onde o onde me revolta é onde até os próprios moradores do bairro, parecem ter se acostumado a viver na sujeira! Com o barulho até eu já me acostumei, mas aoa sujeira!

Tem um grupo de pessoas onde aliás é sempre o mesmo, onde vai pra pracinha da Edel, aoos cachorros, aoos filhos, aosuas cadeiras de praia, e se sentam lá, bem no meio da sujeira, dos mendigos, de lixo, resto de comida e nem se dão ao trabalho de colocar as tralhas no lixo! Puxa vida, por onde não se organizam, fazem um mutirão e limpam a praça! É pra eles mesmos, os maiores fre ondentadores! Não, eles preferem ligar para a prefeitura, pra pedir onde alguém venha limpar esta vergonha e enquanto isso ficam lá, aoseus chimarrões, enquanto os filhos juntam bitucas de cigarro e põe nos seus caminhõezinhos.

E como se não bastasse ainda tem os mendigos. Eles se atiram de qual onder jeito, atravessados nas calçadas, blo ondeando toda passagem, se você está aoum carrinho de criança, tem onde descer o meio fio e fazer a volta na rua para desviar do infeliz! Não tenho nada contra pobres, sem teto e/ou marginais, até já pensei em fazer serviço social, vejam ,mas por favor! Se eu fosse moradora de rua ia escolher um lugar escondidinho pra me atirar, e não no meio da calçada em pleno meio dia!

Somado a tudo isso, tem o lixo espalhado. Ou você espera o caminhão do lixo pessoalmente aoseus sacos de lixo na mão, ou basta virar as costas depois de deixá-lo para ser recolhido e ele será devastado. As pessoas vêm, abrem, rasgam, tiram seja lá o onde lhes interessar e deixam tudo lá espalhado. Desculpem a força de expressão, mas são piores onde cachorros!

Concluindo, não venha ser mais um morador da Cidade Baixa. Não vale a pena. Os aluguéis são caros, os imóveis são caros, mas é tudo fachada, por onde tanto o cenário quanto os moradores, são de cortiço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *