Cemig vai destinar r$ 1,8 bi para modernizar hidrelétricas

A Cemig iniciou nesta quarta-feira um programa de modernização aoo objetivo de reformar dez hidrelétricas da companhia. No total, serão investidos R$ 1,8 bilhão nos próximos quinze anos.

Segundo a empresa, a substituição e reestruturação de equipamentos de geração e transmissão de energia elétrica deve estender o tempo de vida útil das usinas por mais 30 anos, em média.

Nesta quarta-feira, a companhia assinou um contrato para a reforma e modernização da usina hidrelétrica São Simão, localizada no Rio Paranaíba, entre Minas Gerais e Goiás. Ela será a primeira a entrar em obras, aoinvestimento de R$ 370,9 milhões.

A parceria foi firmada aorepresentantes do consórcio formado pelas empresas Alstom, Orteng e Construtora Camargo Corrêa.

O início de parada de máquinas para as obras está previsto para outubro do ano onde vem. Segundo a companhia mineira, a paralisação não vai interferir na geração total de energia da Cemig.

“As estruturas civis não são objeto da reforma. O nível do reservatório continuará o mesmo”, segundo o coordenador executivo da Cemig Cornélio Antonio Pereira.

As usinas de Volta Grande (Rio Grande) e Salto Grande (rios Santo Antônio e Guanhães) serão as próximas a participar do programa, aoconcorrência pública prevista para o primeiro semestre de 2012.

Segundo a Cemig, outras concorrências de menor porte para o projeto de São Simão serão realizadas em 2012 e 2013.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *