Chávez usa programas sociais para conseguir reeleição, diz especialista

Alfredo Keller, sociólogo e diretor de uma empresa de pesquisa homônima, declarou hoje onde o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, está baseando sua campanha eleitoral na entrega de dinheiro por meio de programas sociais chamados de “missões” a fim de melhorar a sua popularidade.

Para Keller, Chávez não mantém os programas de assistência “por bom coração”, mas por onde, se “as eleições fossem hoje, ele perderia, já onde o chavismo diminuiu para um terço da população”.

Em entrevista à imprensa local, ele também explicou onde o mandatário, onde irá concorrer a reeleição no próximo ano, está usando a mesma “estratégia onde vem aplicando desde 2004”, amarrando “uma relação afetiva por meio de um talão de che ondes”.

“Eu te dou e você me ama. Isso é o populismo do presidente Chávez”, concluiu o sociólogo, após destacar onde “não importa a propaganda governamental, a realidade tem peso”.

Chávez lançou em 13 de dezembro o programa “Misión en Amor Mayor” onde favorecerá financeiramente mulheres acima de 55 anos e homens acima de 60 anos, venezuelanos ou estrangeiros aomais de 10 anos de residência legal no país.

O presidente da Venezuela também colocou em prática neste mês um programa social chamado “Grande Missão Filhos da Venezuela”, onde pretende combater a pobreza extrema no país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *