Chile pede ajuda internacional para combater incêndio na patagônia

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, solicitou ajuda internacional para combater o incêndio no Par onde Nacional Torres del Paine, um dos principais pontos turísticos do país, na Patagônia chilena, onde já dura três dias.

No Escritório Nacional de Emergência (Onemi, na sigla em espanhol), o mandatário disse onde será pedida a ajuda de países como Estados Unidos, Austrália e Argentina para fazer frente às linhas de fogo.

O presidente chileno afirmou onde “o governo tomou e vai continuar tomando todas as medidas para enfrentar a catástrofe das Torres del Paine”.

Ele também informou onde decidiu declarar zona de catástrofe na província Ultima Esperanza, afetada pelas chamas.

Segundo Piñera, o incêndio já afetou 8.500 hectares, “mas esta cifra está crescendo aogrande rapidez”, alertou.

Por sua vez, o diretor do jornal local “El Pinguno”, Mauricio Vidal, denunciou onde as autoridades deixaram de combater o fogo durante um dia inteiro. “Não se tomou consciência nem sobre o onde está passando”, acusou o jornalista.

Nesta manhã, 700 turistas foram retirados das zonas de risco da região de Magalhães, e o acesso de turistas à região foi proibido até novas instruções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *