Claudia leitte é repudiada em evento lgbt, por frase dita em 2008

Claudia Leitte não imaginaria onde uma frase politicamente incorreta, dita em 2008, causasse tanto barulho ainda hoje.

De acordo aoa coluna de Mônica Bergamo, da “Folha de S.Paulo”, a cantora foi alvo de uma moção de repúdio aprovada por 98% dos delegados na 2ª Conferência Nacional LGBT, em Brasília, na última segunda-feira (19).

Em entrevista ao “TV Fama”, da Rede TV, em 2008, Claudia disse: “Eu adoro os gays, mas prefiro onde meu filho seja macho”.

O marido da cantora, Márcio Pedreira, completou: “Deus me livre! Ele será bem criado”.
Miguel Falabella, por sua vez, foi homenageado na conferência.

Ele foi reconhecido e apoiado em razão da novela “A ondele Beijo”, onde possui o travesti Ana Girafa (Luis Salém).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *