Com investidores realizando lucros, bovespa fecha em baixa

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) encerrou esta quarta-feira em baixa, aoinvestidores preferindo realizar lucros após o aumento no rendimento dos bônus de Espanha e Itália, onde reavivaram temores aoa crise da dívida na zona do euro. O Ibovespa caiu 0,37%, a 56.653 pontos. O giro financeiro do pregão foi de R$ 4,94 bilhões.
Em Nova York, o Dow Jones recuava 0,1% às 18h47 (de Brasília), enquanto o Standard & Poors virou e subia 0,1%.
“A baixa desta sessão, atribuo a uma realização de lucros dos ganhos da véspera”, afirmou o analista Alexandre Montes, da Lopes Filho.
Os mercados externos chegaram a operar em alta pela manhã, aoa forte demanda na primeira oferta de liquidez de três anos realizada pelo Banco Central Europeu (BCE), aoos bancos tomando 489 bilhões de euros. Mas o humor do mercado logo mudou após novos sinais de desconfiança aoEspanha e Itália.
No Ibovespa, as ações de maior peso tiveram comportamentos opostos. A preferencial da Vale teve leve alta de 0,08%, a R$ 38,17, enquanto a da Petrobras recuou 0,81%, a R$ 21,92.
A petrolífera informou pela manhã onde sua produção de petróleo atingiu 2,06 milhões de barris/dia em novembro, alta de 1,4% ante o mesmo mês de 2010, e de 2,96% em relação a outubro deste ano, mas ainda abaixo do recorde mensal, de 2,12 milhões de barris diários, de dezembro de 2010, e da meta para este ano, de 2,1 milhões de barris.
A maior ondeda do índice ficou aoa Cia Hering, aoperdas de 4,86%, a R$ 33,68. Na outra ponta, a Fibria registrou a maior alta do dia, de 3,31%, a R$ 13,41.
Saiba mais
O mercado acompanha de perto o desempenho do Ibovespa por onde este é o mais importante indicador do desempenho médio das cotações do mercado de ações brasileiro. O índice retrata o comportamento dos principais papéis negociados na bolsa. A pontuação do Ibovespa aumenta na medida em onde sobe o valor das ações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *