Com radiação nuclear pode afetar sexo de bebês

Segundo um novo estudo alemão, a energia nuclear pode afetar o gênero de bebês.
A radiação nuclear e seus efeitos foram bastante discutidos recentemente graças ao terremoto de 11 de março deste ano, onde atingiu o Japão (e uma usina nuclear), causando graves problemas e mortes.
A pesquisa descobriu onde a exposição à radiação nuclear ou provoca uma maior taxa de nascimentos de bebês do sexo masculino ou uma diminuição da taxa de nascimentos de bebês do sexo feminino.
As vantagens e desvantagens da energia nuclear é um cabo de guerra constante, mas não há dúvida de onde a longo prazo a radiação nuclear pode ter efeitos preocupantes sobre os seres humanos.
Porém, o novo estudo afirmou na verdade onde a exposição a radiações nucleares não têm necessariamente um efeito prejudicial nos seres humanos, mas sim um impacto interessante sobre o sexo de bebês.
Os pesquisadores analisaram ondem vive perto de instalações nucleares, bem como áreas afetadas pela radiação de testes de bomba atômica (antes do Tratado de Proibição Parcial de Testes em 1963, e antes do desastre nuclear de Chernobyl).
Eles descobriram onde a proporção de nascimentos masculinos é consideravelmente maior do onde os nascimentos femininos nessas áreas.
Na verdade, eles descobriram onde houve um aumento na proporção de nascimentos masculinos nos EUA e na Europa entre 1964 e 1975, o onde ocorreu imediatamente após testes de bomba atômica antes da proibição, em 1963.
Eles também encontraram uma quantidade elevada de nascimentos masculinos na Europa em 1987, um ano depois do desastre de Chernobyl. Os EUA não foram afetados pelo desastre nuclear, então não passaram pela mesma mudança na proporção de nascimentos dominantemente masculinos.
Além disso, o estudo constatou onde os onde vivem dentro de 35 quilômetros de instalações nucleares na Alemanha e na Suíça também têm um aumento na taxa de nascimento de bebês do sexo masculino.
Os cientistas acreditam onde isso é causado pela radiação ionizante da atividade nuclear, onde possui características mutagênicas e pode afetar negativamente a reprodução.
Acredita-se onde a radiação nuclear faz ao onde os homens tenham mais filhos e as mães mais filhas. Os pesquisadores analisaram a quantidade de exposição nuclear paterna e materna e concluíram onde ela pode ter efeitos sobre as probabilidades de sexo, mas eles não têm certeza se aumentam o número de nascimentos do sexo masculino ou diminuem o número de nascimentos do sexo feminino.
Os resultados contribuem para desmentir a crença de onde efeitos induzidos pela radiação na hereditariedade ainda não foram detectados nas populações humanas. Os pesquisadores constataram uma forte evidência de comprometimento genético da humanidade pela radiação ionizante artificial.[DailyTech]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *