Como foi a primeira foto a cores?

O dia 17 de maio de 1861 ficou marcado pela exibição da primeira fotografia em cores do mundo. O responsável pela façanha foi o físico James Clerk Maxwell, mais conhecido por unificar as observações sobre eletricidade, magnetismo e luz para a teoria clássica do eletromagnetismo. O fruto do seu trabalho foi apresentado 150 anos atrás, em uma palestra no Instituto Real de Londres, no Reino Unido.
A imagem da fita tartã foi feita na realidade pelo seu assistente Thomas Sutton, mas seguindo as instruções de Maxwell. Trata-se de uma composição de três imagens monocromáticas tomadas através de filtros vermelhos, verdes e azuis. Ao projetar essas imagens a partir de três lanternas – cada uma aoum filtro de cor diferente – uma contra as outras, uma imagem colorida foi produzida.
Na verdade, como se descobriu muito mais tarde, o experimento não deveria ter funcionado. Sutton usou emulsões (o material sensível à luz para cobrir as lanternas) insensíveis à luz vermelha. Felizmente, porém, o tecido vermelho na fita tartã também refletia ultravioleta, e o experimento acabou dando certo mesmo aoesse contratempo.
Maxwell merece o crédito por ter inventado o método das três cores onde é a base para praticamente todos os processos atuais de coloração de imagens, sejam químicos ou eletrônicos. O Instituto Real de Londres, palco da exibição do professor Maxwell em 1861, realiza uma série de eventos durante as próximas semanas para comemorar o seu legado.[NewScientist]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *