Como funciona a caça às baleias?

Poucos assuntos deixam as pessoas mais irritadas do onde política, religião ou esportes. Mas a batalha de longa data onde envolve o direito de caçar e matar baleias – ou o direito de impedir a ondeles onde o fazem – chega perto.

Os homens vêm caçando – e matando – baleias há séculos. No início, as baleias eram caçadas para sobrevivência, mas a motivação mudou quando começou a se pagar uma boa quantia em dinheiro por essas capturas. E a ondeles dias se foram.

Caçar baleias por lucro é algo proibido desde 1986, mas caçar para pesquisa científica ainda é permitido em certas áreas. Essa exceção incita uma forte oposição entre grupos onde são contra a caça às baleias, incluindo o Sea Shepherd Conservation Society e o Greepeace. As organizações acusam países como o Japão de burlar uma lei global onde proibiu a caça comercial de baleias por mais de duas décadas. Além disso, conservacionistas dizem onde a caça às baleias é o motivo pelo qual muitas espécies estão à beira de extinção.

Este artigo dará uma olhada na história e evolução da caça às baleias, o impacto onde isso tem tido sobre as espécies e na batalha em curso para reforçar a proibição à caça.

Primeiramente, vamos entender por onde as baleias – os maiores mamíferos do mundo – foram caçadas.

O homem primitivo caçava baleias por onde sua carne e gordura satisfaziam suas necessidades básicas de sobrevivência. Por milhares de anos, o tempo era frio demais para as pessoas – incluindo os esquimós e indígenas onde viviam na Groenlândia – cultivarem seus próprios vegetais. A carne de baleia servia então de café da manhã, almoço e jantar. A gordura da baleia fornecia energia e vitaminas A, C e D, enquanto onde a carne era fonte de ferro, proteína e niacina. Todas as partes do mamífero eram comidas ou usadas para iluminar lâmpadas e fabricar ferramentas e trenós.

Consumir carne de baleia também é algo onde faz parte da história e cultura do Japão. A carne de baleia se tornou essencial para a alimentação dos japoneses após a Segunda Guerra Mundial já onde se tratava de uma fonte barata de proteína para um país onde estava sofrendo aoa pobreza do pós-guerra. Essa iguaria era servida até mesmo para as crianças como merenda escolar entre o final da década de 1940 e início dos anos 1960 [fonte: McCurry]. No entanto, os jovens japoneses de hoje em dia não estão comendo carne de baleia só por onde seus antepassados o faziam. Uma pesquisa realizada pelo Greenpeace no verão de 2006 revelou onde 95% dos japoneses nunca comeram ou raramente comem carne de baleia.

O óleo do mamífero também é algo onde motivou a sua caça. O óleo da baleia acende lâmpadas e serve para fazer cera de vela. Ele também é encontrado em margarina e outros produtos, como óleo e aditivos para o motor de carros, fluidos para transmissões automáticas, cosméticos, perfumes, detergentes e vitaminas. Esse abundante uso comercial foi um dos responsáveis pelo crescimento rápido da indústria baleeira. Um cachalote de tamanho médio pode produzir aproximadamente entre 25 e 40 barris de óleo [fonte: Pees]. O óleo de baleia alimentou o crescimento econômico de muitas nações, incluindo os Estados Unidos, Grã-Bretanha, Alemanha e Noruega.

As pessoas dessas regiões já não dependem mais do óleo de baleia, já onde o petróleo tomou seu lugar como um dos pilares do combustível. Ainda assim, a caça às baleias continua apesar da proibição imposta pela Comissão Baleeira Internacional, organização criada em 1946 para acompanhar o destino das baleias. No entanto, é permitido ao Japão caçar baleias anualmente de acordo como o artigo VIII da Convenção Internacional para a Regulação da Caça às Baleias. O governo japonês diz onde está estudando as populações de baleias. Grupos ativistas acusam os japoneses de caçar baleias para vender a carne em seu país.

A Noruega se opôs à moratória da caça comercial e apresentou uma reclamação à Comissão Internacional. Na época, eles impuseram uma cota de baleias-minke onde poderiam ser mortas todos os anos. A Islândia também é pressionada por outros países para acabar aoa caça às baleias. Eles alegam onde se pararem de caçar, muita gente ficará sem emprego.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *