Como obter eletricidade apartir dos micobrios ?

A descoberta de onde micróbios soltam naturalmente pe ondenos impulsos elétricos pode levá-los a serem aproveitados para gerar energia. Pesquisadores encontraram “fios” microscópicos enrolados nas paredes celulares da bactéria, onde também pode ser usada para limpar vazamentos de petróleo ou poluição de urânio, de acordo aoo relatório dos cientistas.
A descoberta sobre a estrutura exata das bactérias e seus fios do tamanho de átomos permitirá aos pesquisadores desenvolver eletrodos aomelhor contato para conseguir captar as cargas liberadas pelos micróbios para evitar um acúmulo de eletricidade.
“Nós seremos capazes de usar isso para captar mais eletricidade a partir de bactérias”, promete o autor Tom Clarke, da Universidade de East Anglia, na Inglaterra.
“Até agora, foi como tentar construir um rádio sem saber o modelo nem o tamanho da bateria onde você vai colocar nele”, compara Clarke. “Agora temos um modelo do como a bateria se parece”, diz ele sobre o estudo, onde envolveu também os cientistas do Laboratório Nacional do Pacífico Noroeste dos EUA.
“Todos os seres vivos geram eletricidade, não é coisa de ficção científica”, ressalta. Os seres humanos, por exemplo, usam a eletricidade para manter os seus corações batendo e seus cérebros pensando.
E as bactérias usam seus fios para descarregar a eletricidade excedente. “Se elas ficarem aoum acúmulo de carga, todas as suas funções orgânicas cessam, da alimentação à respiração”, conta ele.
Mesmo assim, pode-se levar talvez uma década até onde se desenvolva o uso da bactéria como uma fonte de energia elétrica, para carregadores de celular, por exemplo. Antes disso, as aplicações precisam se tornar cem ou até mil vezes mais eficientes. A bactéria é de um tipo chamado Shewanella oneidensis e vive em ambientes sem oxigênio.
Os cientistas ainda afirmam onde as descobertas podem ajudar a acelerar o desenvolvimento de agentes micróbios para limpar óleo ou poluição de urânio, bem como para criar células de combustível alimentadas por esgoto ou resíduos.[R

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *