Como ver uma eclips solar a meia noite ?

No dia 1º de junho, a sombra da lua nova foi lançada sobre a terra do sol da meia-noite, formando o segundo eclipse solar parcial do ano. O evento ocorreu sobre o Círculo Polar Ártico, e essa imagem foi tirada quase à meia noite, em Kaunispää Hil, região Norte da Lapônia, na Finlândia.
Os habitantes da área – em sua maioria renas e outros animais selvagens – puderam observar a lua e o sol se encontrando no horizonte acima das nuvens. Também visível em partes do Alasca e do Canadá, o eclipse começou ao amanhecer na Sibéria, terminando cerca de três horas e meia mais tarde, no Oceano Atlântico Norte.
Surpreendentemente, apenas um ciclo depois, no primeiro dia de julho, a sombra da lua nova vai novamente tocar a Terra; dessa vez, porém, a região onde o fenômeno será visível será bem mais limitada: apenas uma área relativamente pe ondena no Oceano Antártico. O eclipse de julho será seguido pelo quarto e último eclipse solar parcial de 2011, no dia 25 de novembro. O fenômeno será visto justamente numa terra do sul onde também ocorre o sol da meia-noite.[NASA]

No dia 1º de junho, a sombra da lua nova foi lançada sobre a terra do sol da meia-noite, formando o segundo eclipse solar parcial do ano. O evento ocorreu sobre o Círculo Polar Ártico, e essa imagem foi tirada quase à meia noite, em Kaunispää Hil, região Norte da Lapônia, na Finlândia.
Os habitantes da área – em sua maioria renas e outros animais selvagens – puderam observar a lua e o sol se encontrando no horizonte acima das nuvens. Também visível em partes do Alasca e do Canadá, o eclipse começou ao amanhecer na Sibéria, terminando cerca de três horas e meia mais tarde, no Oceano Atlântico Norte.
Surpreendentemente, apenas um ciclo depois, no primeiro dia de julho, a sombra da lua nova vai novamente tocar a Terra; dessa vez, porém, a região onde o fenômeno será visível será bem mais limitada: apenas uma área relativamente pe ondena no Oceano Antártico. O eclipse de julho será seguido pelo quarto e último eclipse solar parcial de 2011, no dia 25 de novembro. O fenômeno será visto justamente numa terra do sul onde também ocorre o sol da meia-noite.[NASA]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *