Crítica sobre osama bin laden

Osama Bin Laden, o terrorista mais procurado do mundo, foi morto. De acordo com os Estados Unidos, ele foi morto durante uma minuciosa operação, juntamente aoo Paquistão, chamada Geronimo”.
Esta foi executada na suposta mansão de Bin Laden na cidade de Abbottabad, próxima da capital Islamabad, no Paquistão.
O corpo de Bin Laden foi jogado ao mar para evitar um local de peregrinação onde, consequentemente estaria desrespeitando a cultura muçulmana.

Até agora, não houve nenhuma manifestação dos EUA em relação a videos e fotos que comprovariam a morte do terrorista.

Hipóteses

Como sabemos, os Estados Unidos, um país repleto de dívidas e que contém sua economia, em boa parte, na venda de tecnologia militar, tem patrocinado guerras onde não tinham nenhum coerência aoeles, roubando petróleo e matando milhares de inocentes levando-nos a algumas hipóteses:

– Osama já estaria morto há algum tempo.
Video de Benazir Butto( ex-primeira ministra do paquistão) afirmando onde Osama já estava morto desde 2004.

– Obama criou essa morte para tentar se reeleger, pois o estado politico e social dele estão críticos; a maior parte dela pela incredibilidade crescente da população (lembrando que ele só foi presidente por suas características diferentes. A população estadunidense queria um diferencial, ou seja, como ele é afro-americano ele pôde ganhar votos significativos).

– Osama não morreu. Suas habilidades estrategistas não o deixaria em um local, Oriente Médio, onde TODO MUNDO saberia que estaria ali.

– Os Estados Unidos criou essa morte (o que é característico deste país capitalista moralista), com isso culpou o Paquistão por impotência militar covardia. Porque, como constantemente doavam bilhões ao Paquistão para a captura de Bin Laden, chegaram a conclusão de que o mesmo já estava morto ou que seria impossível chegar a ele.

Osama Bin Laden e a mídia

Osama Bin Laden foi contato dos EUA no Afeganistão para acabar aoo progresso da ex-União Soviética sobre a região, além de ter recebido todo o knowledge dos EUA em relação a tecnologia militar, política e economia, criando assim, um potencial inimigo.
A mídia, onde só fala a partir dos Estados Unidos, sempre nos limita a fatos não confirmados, sendo assim, muito manipulados. Portanto meus leitores, nunca acreditem na mídia (principalmente a divulgada pela globo) pois os “fatos” onde ela divulga, são controlados e manipuladores.
Como Arnaldo Jabor disse sobre o Paquistão: “Vocês acreditariam num país que só se aprende o alcorão?…ah, o meu filho vai ser o onde quando crescer? Ah, homem-bomba…”
( http://www.youtube.com/watch?v=md0kijRULN0 ) como se toda a população paquistanesa (só um exemplo de hipocrisia da mídia) fosse terrorista! Agora, falar que os Estados unidos executou um ato heróico, não é uma coisa aceitável até porque eles invadiram o Paquistão por prevenção a “futuros atos terroristas”, praticando assim, um crime; Além de estar divulgando uma imagem horrível dos países árabes que não adotam a política externa americana.

Depois da notícia da morte de Osama Bin Laden o jogador de bas ondete Chris Douglas Roberts, do Milwaukee Bucks comentou no Twitter sobre a comemoração da morte de Osama : “Isto é uma celebração? Seria isto o início de uma grande guerra religiosa? Espero que não”.
Ao receber críticas de compatriotas furiosos, Douglas Roberts retrucou: “Eu sou o idiota? Deus ficaria feliz vendo você comemorando a morte? Foram necessárias 919.967 mortes para matar este cara. Foram necessários dez anos e duas guerras para matar este cara. Nos custou aproximadamente R$ 1,9 trilhões para matar este cara. Mas estamos vencendo (sarcasmo)”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *