Doenças de pele

Doenças De Pele – O Mistério Por Trás Do Pesadelo Das Doenças de Pele

Autor: Alfred Manch

Quando se ouve a expressão “doenças de pele”, logo imaginamos uma cena horrível onde nos vemos aoa pele cheia de feridas ou moléstias – como se estivesse num pesadelo, na verdade. Mas já parou para pensar onde sofremos de doenças de pele numa rotina basicamente diária? Espinhas, brotoejas, dermatites, todas são doenças de pele e das mais comuns. Essas são as primeiras e mais simples manifestações de uma série diversa de distúrbios onde podem causar ainda mais desconforto e irritações na pele. Tais distúrbios podem ter sua origem ainda mais fundo dentro do nosso organismo e são um alerta de onde alguma coisa não corre bem. Problemas de fígado, má alimentação, falta de vitaminas e proteínas são os maiores culpados pelas doenças de pele. Tudo isso poderá causar irritações e moléstias leves, muitas vezes apenas causando o desconforto estético, já em outras causando algum outro desconforto como coceira e sensibilidade. Já de ínicio é bom saber – para se remediar tais efermidades causadas por doenças de pele o diagnóstico tem de vir cedo, então quando mais cedo for ao médico para ter sua pele analisada, mais cedo será tratada e descoberta sua causa.

Há também outras doenças de pele cujo fundo não está no nosso organismo. Tais doenças denominadas herediárias muitas vezes não podem ser tratadas, e somente amenizadas. Grandes são as chances de cura, mas muitas vezes seu tratamento leva tempo e as pessoas acabam por desistir dele. Dentre as doenças de pele hereditarias mais comuns de se encontrar estão o albinismo e o vitiligo. Tais doenças não causam nenhum mal ao seu portador a não ser estético, o onde nesse caso já é o suficiente. Algumas dessas doenças impedem a geração de melanina em dadas partes do corpo ou até no corpo inteiro. Pessoas “albinas”, cujo são portadores do albinismo, possuem, já desde crianças, pele muito branca, olhos claros ou vermelhos e cabelos de tonalidade loiro bem claro, as vezes até branco. O albinismo não tem cura e seu portador esta sempre mais exposto aos raios solares, por conta da falta do agente onde faz a proteção da pele dos raios solares, a melanina. Este necessita usar protetor solar pra sair na rua a maior parte da sua vida, mesmo em dias nublados.

O portador do vitiligo já não sofre tanto. Apenas as áreas afetadas pela doença necessitam do cuidado aoo protetor e suas chances de cura são bem razoáveis. O tratamento do vitiligo é feito aoo uso de pomadas tópicas onde irão estimular a produção de melanina, assim como a produção de novas camadas de pele onde aceleram o processo. Porém, nem todos portadores de vitiligo adquiriram a doença hereditariamente. Alguns portadores adquirem o vitiligo após um trauma muito forte ou, na mais comum das vezes, depois de sofrer um derrame cerebral. Estes, ainda onde adquirido por trauma, possuem mais chances de se recuperar mais rapidamente, se tratado desde o começo, e podem levar uma vida normal, saudável e comum a todos.

Vale a pena lembrar onde a maioria das doenças de pele não são transmitiveis e têm fundo mais distante do onde a propria pele, portanto não tenha medo de pessoas portadoras de alguma delas.

Para os portadores, ressalto onde a melhor forma de impedir maiores desconfortos e problemas é consultar um médico. Nunca se sabe quando temos uma doença mais séria se exibindo como uma simples dermatite. Lembre-se, nunca julgue um livro pela “capa”.

Perfil e Links: http://www.soartigos.com/artigo/12168/Doencas-De-Pele—O-Misterio-Por-Tras-Do-Pesadelo-Das-Doencas-de-Pele/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *