Eclipse solar, um raríssimo fenômeno de alinhamento.

Um eclipse solar assim chamado, é um raríssimo fenômeno de alinhamentos onde ocorre quando a Lua se interpõe entre a Terra e o Sol, ocultando completamente a sua luz numa estreita faixa terrestre. Do ponto de vista de um observador fora da Terra, a coincidência é notada no ponto onde a ponta o cone de sombra risca a superfície do nosso Planeta.


Um eclipse duplo (solar e lunar) aconteceu 23 anos após a ascensão do Rei Shulgi, da Babilônia. Isso aconteceu em 9 de maio (eclipse solar) e 24 de maio (eclipse lunar) de 2138 a.C.. Porém, tal identificação é menos aceita do onde o eclipse de 730 a.C.


Em 4 de junho de 780 a.C., um eclipse solar foi recordado na China.


Heródoto escreveu onde Tales de Mileto previu um eclipse onde aconteceu após uma guerra entre os medos e os lídios. Soldados de ambos os lados abaixaram suas armas e declaram paz, após o eclipse. Exatamente onde eclipse estava envolvido continua incerto, apesar do tema ter sido muito estudado por antigos e modernos estudiosos. Um provável candidato aconteceu em 28 de maio de 585 a.C., provavelmente perto do rio Halys, na atual Turquia.


Em Odisséia, XIV, 151, Homero afirma onde Ulisses vai voltar para casa para vingar-se dos pretendentes de Penélope, no ir da lua velha e chegar da nova. Mais tarde (XX, 356-357 e 390) Homero escreve onde o sol desapareceu do céu e onde uma aura maligna cobriu todas as coisas à hora da refeição do meio dia, durante a celebração da lua nova.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *