Ecologia reprodutiva de uma comunidade de anfibios anuros na serra do japi





























Autor: Celio Fernando Baptista Haddad
[pt] Ecologia reprodutiva de uma comunidade de anfibios Anuros na serra do Japi, sudeste do Brasil
Instituição de Defesa: Universidade Estadual de Campinas . Instituto de Biologia
Data de Defesa: 1991-04-26
Resumo: [pt] Uma comunidade de anuros foi estudada na Serra do Japi, municipio de Jundiai (ca. 23°13 5; 46°48 W; 870 m de altitude), Estado de São Paulo. Os seguintes tipos de ambientes foram estudados: represa, riachos de corredeira, poças temporárias e a mata circundante a estes corpos d água. O estudo foi realizado entre março de 1988 e fevereiro de 1989. As coletas de dados foram feitas durante curtas visitas a intervalos regulares de uma semana. Visitas adicionais foram feitas na estação chuvosa (outubro a março) . Dezessete espécies, pertencentes a três famílias de anuros, foram observadas em atividade reprodutiva: Bufonidae (2), Hylidae (11) e Leptodactylidae (4). Aparentemente, o -ambiente de mata favoreceu um número predominante de espécies de Hylidae, que apresentam adaptações à ocupação vertical do ambiente. Houve sazonal idade na atividade reprodutiva da comunidade de anuros. Na estação chuvosa houve um maior número de espécies em atividade reprodutiva devido a uma maior disponibilidade de ambientes adequados a esta atividade. A maioria das espécies da comunidade bimodal de atividade, vocalizando ao amanhecer e ao anoitecer. apresentou inicio da atividade de vocalização em horário próximo ao pôr do sol. Hylodes cf. ornatus foi a única espécie tipicamente diurna e Bufo çrucifer apresentou padrões de distribuição temporal e espacial e as diferenças na utilização do espaço acústico evitaram sobreposição na utilização dos recursos na reprodução de quase todas as espécies…. Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital
[en] An anuran community was studied at the Serra do Japi, municipality of Jundiai (ca. 23Q13 S; 46°48 W, 870 m above sea leveI), São Paulo State, southeastern Brazil. The following environments were studied: reservoir, rapid rivulets, temporary ponds, and the surrounding forest. The study was carried out between March 1988 and February 1989, and field data were obtained during short visits at regular intervals of one week. Additional field surveys were undertaken during the rainy season. Seventeen species of three anuran families were observed in reproductive activity: Bufonidae (2), Hylidae (11), and Leptodactylidae (4). The forested habitat favoured the greater number of Hylidae species because this group is adapted to a vertical occupation of the environment. I observed seasonality in the reproductive activity of the anuran community studied. During the rainy season there was a higher number of species in reproductive activity due to a greater availability of adequa te environments to this activity. The majority of the species in the community started to call near the sunset. Hylodes cf. ornatus was the only diurnal species and Bufo crucifer presented a bimodal activity pattern, calling during sunrise and sunset. The patterns of temporal and spatial distribution, and differences in the acoustical attributes of the calI among the majority of the species avoided overlapping in the resources utilized for reproduction. … Note: The complete abstract is available with the full electronic digital thesis or dissertations
Titulação: Doutor em Ciencias Biologicas
Contribuidor(es): Adão Jose Cardoso [Orientador]
Adão Jose Cardoso
Assuntos: [pt] Ecologia animal
Documentos Digitais: Download Arquivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *