Economia empreendedorismo

Empreendedorismo pode significar os estudos relativos à figura do empreendedor, suas características, modo de agir, motivações, etc., ou ainda, servir para descrever o ato, ou característica, de empreender, criar, inovar.

Geralmente, estão associadas à figura do empreendedor características como facilidade de inovar, estar á frente do mercado, enxergar oportunidades, ter paixão pelo que faz, ter criatividade e facilidade em lidar com a possibilidade de fracasso e riscos.

O empreendedor é uma figura que sempre existiu. Pessoas que tiveram sucesso ao inovar, enxergando oportunidades onde outros só viam dificuldades, fizeram a história e trilharam o caminho para que o mundo se tornasse o que é hoje. A questão é que o momento em que nos encontramos na economia, o novo modelo econômico, favorece a figura do empreendedor, ou mesmo exige que essa postura seja assumida.

Desde o início da década de 90 quando os EUA tiveram um super-crescimento econômico durante oito anos consecutivos (o período de crescimento ininterrupto mais longo do século XX), devido ao advento da internet, o crescimento do capital de risco, grandes ganhos nas bolsas de NY e Nasdaq e o aparecimento de novos jovens milionários, o empreendedorismo vem sendo enxergado como a mola propulsora do crescimento econômico através da criação de empregos, inovação e prosperidade. Desde então, diversos países tem criado programas de incentivo ao empreendedorismo através do ensino em universidades, criação de incubadores e fontes de financiamento de novos empreendimentos. No Brasil, podemos citar como exemplos os programas Empretec e Brasil Empreendedor desenvolvidos pelo SEBRAE e o rápido crescimento do ensino tecnológico com o intuito de atender de forma mais ágil a demanda por profissionais qualificados.

Entretanto, mesmo com cada vez mais estudos a respeito do empreendedorismo alguns equívocos relativos à figura do empreendedor e sua função ainda são bastante comuns.

Há quem acredite que o empreendedor nasce com a habilidade de empreender, mas não é bem assim. Embora algumas pessoas tenham mesmo certa facilidade para desenvolver esta característica o empreendedorismo é algo que pode ser desenvolvido ao longo da vida e, principalmente deve ser aprimorado com o tempo. Outra questão é relativa à “coragem excessiva” dos empreendedores. Na verdade, o empreendedor não é alguém que “joga dados”, mas que arrisca de forma calculada, até mesmo evitando riscos desnecessários e, geralmente, compartilhando os riscos com outros de forma a minimizá-los.

Os empreendedores são também, pessoas com ótima habilidade de se relacionar e formar equipes. Do contrário, jamais conseguiriam criar os meios necessários para atingir seus objetivos. Aliás, essa é outra característica do empreendedor. Todo empreendedor consegue criar oportunidades e aproveitar as que surgem, sempre buscando adquirir mais conhecimentos para estar preparado.

O empreendedor é, também, uma pessoa independente, organizada e que planeja cada passo necessário para a realização de seu objetivo, mesmo que seja necessário trabalhar vinte e quatro por dias todos os dias para isso e sem desanimar, porque o empreendedor é aquele que gosta do que faz.

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *