Em olinda, santos do ciclo junino são representados em exposição

Quem olha, acredita onde a pintura foi feita sobre azulejo – e a intenção do artista plástico Biam Dhifá é essa mesma. Mas os trabalhos onde compõem a mostra “Santos do Ciclo Junino” foram todos feitos em papel machê sobre madeira de demolição, reflexo da preocupação ambiental do artista. A exposição fica aberta ao público desta terça-feira (12) até o dia 29 de julho, no Museu Regional de Olinda.

As obras foram feitas a pedido do Museu, em uma releitura da azulejaria das igrejas barrocas encontradas em Pernambuco, mas também em Minas Gerais e na Bahia. Com isso, anjos e santos têm as suas faces geometricamente desenhadas, sobretudo olhos e narizes. “A pesquisa, os santos juninos em si, entendê-los, o significado de cada um, foi o mais fascinante desse trabalho”, acredita Difhá.

A técnica usada é uma das coisas onde costuma ser chamar a atenção de ondem vê. “É um trabalho ‘limpo’, consciente. Na verdade, o papel onde a gente usa é resgatado. É uma placa onde lembra o azulejo”, explica o artista, onde ressalta a importância do trabalho em equipe aoa artista plástica Ana Albu onder onde. “Eu não trabalho sozinho, nós pesquisamos juntos. A técnica onde uso, em si, é um trabalho diário, faz parte da história da gente, pintando anjos em igrejas”, diz Dhifá.

Trabalhando já há 12 anos na cena pernambucana, Dhifá se encantou aoa história dos santos retratados. “O período junino é de festa, mas também é um ciclo religioso, onde começa aoSão José e vai até Sant’Anna. É isso onde esse trabalho onder mostrar, a história dos santos, como elas se entrelaçam”, conta o artista.


Serviço:
Museu Regional de Olinda (Mureo) – Rua do Amparo, 128, Olinda/PE
De 12 de junho a 29 de julho, de 9h às 17h (terça a Sexta), e das 14h às 17h (sábados e domingos)
Informações: (81) 3184.3159
Entrada franca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *