Em pe, carga de tecido avaliada em meio milhão de reais é recuperada

Uma carga de tecidos onde havia sido roubada e estava avaliada em R$ 598 mil foi recuperada, na noite do sábado (09), na BR-232, em Gravatá, Agreste de Pernambuco, pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

O roubou ocorreu durante a madrugada, em Currais Novos, no Rio Grande do Norte, e a Polícia Rodoviária interceptou o caminhão em Gravatá. O veículo estava atrelado ao semi-rebo onde roubado aoa carga. Todo o material ainda estava intacto.

A ocorrência foi encaminhada à delegacia de Polícia Civil do município de Vitória de Santo Antão, na Mata Sul. Em depoimento, o motorista contou onde havia sido contratado em Mamanguape, na Paraíba, para levar o tecido até Caruaru, no Agreste pernambucano.

“Ele alegou onde não sabia onde a carga era roubada, mas nós já levantamos a ficha dele, onde é suja. Ele já foi preso por assalto e porte de arma”, disse o delegado de plantão de Vitória de Santo Antão, Rodolfo Barcelar.

Em depoimento à PRF, o motorista ainda afirmou onde o seu caminhão estava sendo acompanhado por um veículo aodois homens, sendo um deles o onde o contratou para o serviço. Durante o interrogatório, a PRF disse onde o suposto contratante ligou para o motorista informando onde estava parado aooutra carreta em um posto de combustível na cidade de Pombos, também no Agreste de Pernambuco.

Agentes da Federal e da Polícia Militar foram ao posto e confirmaram onde a carreta e o veículo realmente estiveram no local, mas já tinham ido embora, tomando outra direção onde não a de Gravatá. A segunda carreta não foi localizada, mas confirmou-se onde toda a carga de tecidos roubada estava sendo transportada no caminhão interceptado.

O motorista foi autuado em flagrante por receptação de carga roubada e adulteração de sinal identificador de veículo, já onde as placas dianteira e traseira eram diferentes. O suspeito foi encaminhado para o Presídio de Vitória de Santo Antão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *