Evitando o aquecimeno global.

CAMPANHA


A proposta deste site partiu de uma idéia que surgiu ao ver as noticias sobre aquecimento global e notar que estas até trazem algumas sugestões tecnológicas para a solução, porém o problema sempre esta na falta de vontade política.


Devido o Aquecimento Global ser uma questão mundial há a necessidade de uma ação em conjunto de todos ou pelo menos a grande maioria dos paises do mundo. Mais o que ocorre e que cada pais tem suas dificuldades e prioridades deixando a questão sempre em segundo plano, ou seja governantes não podem propor a ratificação do protocolo de kyoto em detrimento da economia sem perder votos e apoio de grandes grupos econômicos. Pois o seu eleitor muitas vezes não tem a questão como prioridade ou as vezes nem conhece sobre o assunto mais tem a economia como prioridade. Empresas não querem nem ouvir falar no assunto pois a ratificação do protocolo de Kyoto implicaria em novos investimentos em equipamentos para a redução de emissão de CO2 e outros gases que ocasionam o efeito estufa  ou a mudança da matriz energética.


Pois bem a proposta é a seguinte: Se os governantes perceberem que o seu eleitorado é sensível a questão (e os políticos são muito atentos as opiniões e tendência do eleitorado) darão maior prioridade a questão ambiental. Se as empresas perceberem que seus consumidores estão mais propensos a consumirem um produto que tenha como valor agregado o combate ao aquecimento global como por exemplo um certificado impresso na embalagem atestando que o seu produto ao ser fabricado não produz CO2 ou que um determinado automóvel tem menores índices de emissão de  gases-estufa.


A proposta não é de afrontamento ou de protesto isto é coisa para os profissionais da área os militantes ambientalista. Esta proposta é dirigida a todos os cidadões como eu como você, trabalhadores, empresários, estudantes, donas de casa, profissionais liberais enfim pessoas de toda a sociedade e com interesses diversos, porém conscientes e informados sobre esta questão do aquecimento global que nos afeta a todos independente do pais onde vivemos ou da nossa classe social conseqüentemente com uma mudança de postura na maneira de votar ou de consumir isto sim que ajudará em muito com que governos e empresas priorizem a questão pois nos cidadões somos a base política e econômica. Esta mudança de postura não será um choque nem uma revolução mais sim uma mudança espontânea, onde os governos e empresas terão que se adaptar a seus eleitores e consumidores ou seja terão que adaptarem-se as mudanças da sociedade.


O desenvolvimento da atividade humana não produziu somente problemas como o aquecimento global, a humanidade experimenta atualmente níveis de riqueza nunca antes observados, porem precisamos saber resolver os efeitos colaterais deste desenvolvimento efeitos estes como o aquecimento global que não foi previsto, mais pode ser resolvido.


Uma das coisas boas que o desenvolvimento tecnológico produziu foi a internet e justamente esta ferramenta que pode propiciar um movimento no sentido de conscientizar as pessoas sobre a questão pelo mundo a fora, independente da língua, crenças ou cultura em prol de um bem comum a toda a humanidade.


Assim a única coisa que você precisa fazer é divulgar este site para que um numero cada vez maior de pessoas se informar sobre o problema climático do aquecimento global, assim sem tomar nosso tempo, sem prejuízo as nossas atividades diárias poderemos através desta poderosa rede que é a internet e da consciência da nossa força política e econômica como eleitores e consumidores ajudar a resolver esta questão do aquecimento global.


Cadastre-se em nosso site que periodicamente estaremos informando você com noticias sobre o assunto, e caso seja necessário ajudar a persuadir algum órgão, governo ou multinacional pelo mundo a fora, para mostrar o qual interessado as pessoas estão sobre a questão lhe informaremos com os detalhes necessários para envio e entendimento (texto no idioma) do remetente.


 


nosso e-mail

[email protected]

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *