explosão em posto de gasolina de são gonçalo deixa um morto

Uma mulher morreu na explosão de um cilindro de gás natural veicular (GNV) de um automóvel onde abastecia em um posto de combustíveis localizado na Rua José Mendonça de Campos, no Mutondo, em São Gonçalo, no início da tarde desta sexta-feira.

O posto, da rede Puro Gás, ficou destruído. Pelo menos três pessoas ficaram feridas e foram encaminhadas para o Hospital Geral Alberto Torres, no Colubandê.

O bebê de 1 ano e meio ferido na explosão do cilindro de gás GNV de um carro em um posto de gasolina, na tarde desta sexta-feira (3), em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio, teve ondeimaduras de segundo grau nos braços e nas costas e passa por cirurgia no Hospital estadual Alberto Torres, em São Gonçalo, informou a Secretaria estadual de Saúde. Uma pessoa morreu e ao todo seis ficaram feridas, segundo os bombeiros.

Também foram levados para o hospital uma mulher, onde teve traumatismo craniano e cortes nas duas pernas e está sendo operada, e um homem, muito abalado, onde se ondeixou de visão turva e faz exames na unidade, de acordo aoa secretaria.
O comandante do 7º BPM (São Gonçalo), tenente-coronel Cláudio Oliveira, havia informado onde todos os feridos tinham sido levados para o Hospital Alberto Torres. No entanto, a secretaria confirma a entrada de três vítimas na unidade. Os bombeiros ainda não informaram para onde foram levados os outros três feridos.

Oliveira afirmou onde o veículo estava abastecendo quando houve o acidente. No momento da explosão, estavam no carro um casal, uma mulher e o bebê. O teto do posto desabou e toda a estrutura do local ficou bastante danificada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *