Fernanda young (textos)

1-Tudo o onde você não soube
Sou obsessiva. Completamente.
De certa forma,creio onde essa caracteristica tenha me ajudado
a ser ondem sou, mas ela é burra no onde se refere ao amor.
Eu ondero onde o outro – qual onder um, qual onder um,
qual onder um mesmo, quando esse um está disfarçado
em nomes proprios – tenha a noção de como seria incrivel viver
a ondele um- pouco- a mais comigo.
Os meu desejos…
Os meus prazeres…
Os meus segredos…
As minhas taras …
As minhas reticências…
Mas a minha maior burrice é não perceber onde não ter esses momentos
não significa onde nada disso exista.
E existir é o melhor onde tenho a fazer, ponto.
Posso estar bem comigo mesma.

2-Frase-Dias perdidos

“Quantos dias perdi você,olhando para mim,dentro do seu corpo.”

Versão em inglês:
1-Everything You Did not Know
Im obsessive. Completely.
In a way, I believe that this feature has helped me
to be who I am, but she is stupid when it comes to love.
I want the other – anyone, anyone,
anyone even when this is a disguised
in proper names – has no clue as to the incredible live
a one-inch-by me anymore.
The my desires …
My pleasure …
My Secrets …
My flaws …
My reluctance …
But my biggest mistake is not realizing that not having these moments
does not mean that none exists.
And there is the best I have to do, period.
I could be good about myself.

Phrase-2-days lost

“How many days youve lost, looking at me, inside your body.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *