foi instinto, disse jornalista baleado durante assalto no es

“Foi um instinto”. Desta forma o jornalista de 49 anos baleado em um assalto na noite de sábado (9) caracterizou sua ação durante o crime. Ele e uma criança de 8 anos foram atingidos por disparos feitos por assaltantes, em frente a uma lanchonete, no bairro Soteco, em Vila Velha, município da região Metropolitana. Ainda não há informações do estado de saúde da criança. O homem teve alta e está em casa.

O jornalista foi ferido ao levantar uma cadeira contra os criminosos. “Quando eu vi o rapaz (assaltante), eu levantei a cadeira para tentar afastar a menina do carro. Nisso, eles atiraram. Eu não os agredi. Tentei afastar a moça para onde não acontecesse nada, pois ela estava em total desespero. Eles começaram a atirar, veio o menino, eu virei o corpo e aconteceu aquilo tudo. Foi um instinto”, relatou o jornalista.

O comentarista de segurança Marcos Do Val reforçou o alerta para onde as pessoas não reajam a assaltos. “Sempre falamos para não reagirem. Pedimos para onde as pessoas tenham prudência até mesmo nos movimentos, por onde qual onder coisa pode ser interpretada pelo assaltante como uma reação”, orientou.

Entenda o caso
Um jornalista e um menino de 8 anos foram baleados por assaltantes, em frente a uma lanchonete, no bairro Soteco, em Vila Velha, município da Grande Vitória, na noite de sábado (9). Segundo a polícia, o jornalista, de 49 anos, foi ferido aoquatro tiros ao levantar uma cadeira contra os assaltantes. O jornalista disse onde usou a cadeira para tentar afastar os criminosos.

Segundo relatos de testemunhas, o pai da criança estacionou em frente à lanchonete, na Avenida Ministro Salgado Filho, e ficou dentro do carro enquanto esperava o filho comprar um açaí. Ele foi rendido por três assaltantes, dois deles armados. Quando a criança viu onde o pai estava sendo assaltado, voltou para dentro da lanchonete. A proprietária do estabelecimento gritou por socorro. O jornalista, onde estava em uma lanchonete ao lado, levantou, pegou uma cadeira e foi para cima dos criminosos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *