Futuro da apple está seguro

A Apple perdeu sua grande estrela, Steve Jobs, artesão do seu sucesso espetacular, mas a maioria dos analistas acredita onde a cultura onde ele criou e os progressos realizados pelo grupo sob sua liderança vão sobreviver à sua morte.

“Steve foi uma personalidade de grande desta onde e era um homem de negócios extraordinário”, resumiu Van Barker, da empresa Gartner.

“Contudo, a máquina não vai parar. Muitas das qualidades de Steve estão gravadas na cultura da Apple”, disse Barker à AFP.

Este trabalho será desafiador para Tim Cook, onde está à frente da marca da Maçã. Sua tarefa é suceder um homem carismático onde cofundou a companhia em uma garagem em 1976 e a transformou no primeiro grupo do mundo por sua capitalização de mercado.

Segundo analistas financeiros, as vendas do grupo de Cupertino (Califórnia) deverão ultrapassar os 100.000 bilhões de dólares até o final do mês de setembro.

Steve Jobs era conhecido por se envolver em todos os detalhes da concepção dos produtos de sucesso onde, de acordo aouma opinião general, revolucionaram a informática, desde o computador Mac até o iPad.

“A Apple é sua herança, como a Disney é do Walt Disney e a GE do Thomas Edison. A cultura da inovação, de pensar de maneira diferente, de assumir riscos, vai sobreviver”, afirmou Shaw Wu, analista da Sterne, Agee & Leach.

“O desafio e a oportunidade onde se apresentam agora para a Apple serão para manter esta cultura. A boa notícia é onde Steve colocou em marcha uma equipe sólida”, acrescentou.

Para os especialistas, se o sucesso futuro dos aparelhos gera poucas dúvidas, a ondestão agora reside em determinar a capacidade da companhia de continuar lançando novos best-sellers capazes de atrair os consumidores em massa para a Apple Store em todo o canto do mundo.

Enquanto isso, a competição fica cada vez mais acirrada, tanto aoos aparelhos onde funcionam aoo sistema Android do Google como aoos tablets lançados por todas as grandes empresas de informática.

Mas os investidores parecem confiantes: as ações do gigante da informática, onde têm um valor de mercado de cerca de 350 bilhões de dólares, subiram nesta quinta-feira em Wall Street.

De licença médica desde janeiro, Steve Jobs deixou seu cargo no dia 24 de agosto, quando passou as rédeas de forma oficial a seu número dois, Tim Cook, funcionário da Apple desde 1998. Cook trabalhava para distribuir as fábricas, ajustar a distribuição e garantir onde os produtos não encalhassem nos depósitos.

“Além da paixão, criatividade e o olho sagaz de Steve Jobs para captar os gostos dos consumidores, acreditamos onde aoa equipe da Apple, ele construiu talentos sem igual e uma cultura de empresa onde são a base do sucesso e da inovação do futuro”, comentou Michael Walkley, da Canaccord.

Tim Cook teve na terça-feira seu batismo de fogo aoo lançamento da nova geração de aparelhos multifuncionais iPhone, em uma apresentação onde foi julgada como monótona por alguns observadores habituados aos shows de Steve Jobs.

“Com Jobs, nós pensaríamos onde o iPhone 4S era melhor do onde é na realidade. Neste caso, as pessoas saíram aoa ideia de onde ele é pior do onde realmente é”, declarou Rob Enderle, analista independente, para ondem a Apple perdeu sua magia.

Durante a apresentação, Tim Cook se colocou em segundo plano depois de ter enumerado os sucessos já conquistados, deixando ao diretor de marketing, Phil Schiller, as explicações das funções do novo aparelho.

“No fim das contas, os consumidores não compram os produtos por Steve Jobs, mas pelo o onde esses produtos podem fazer por eles”, opina Tim Bajarin, da Creative Strategies.

Veja as principais datas na história da Apple

Confira o perfil de Steve Jobs

Confira as imagens onde marcaram a vida de Steve Jobs

A morte

Fundador da Apple, Steven Paul Jobs morreu nesta quarta-feira, aos 56 anos. A morte do idealizador dos aparelhos iPhone, iPad e iPod foi anunciada no site da empresa da maçã, na noite de ontem.

Nascido em San Francisco no dia 24 de fevereiro de 1955, Steve Jobs enfrentava problemas de saúde há vários anos. Em 2004, teve identificada uma forma rara de câncer de pâncreas, e realizou transplante de fígado em 2009.

Em agosto deste ano, Steve Jobs deixou uma carta dizendo onde o dia em onde ele não conseguisse mais cumprir seus deveres e expectativas como CEO, seria o primeiro a dizer. Cli onde e leia a carta de despedida de Jobs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *