Gás natural veicular tem aumento de 15% na região noroeste paulista

O gás natural está mais caro em todo o estado de São Paulo. O aumento na região noroeste paulista chegou a 15,10%. A alta do dólar é a justificativa da agência reguladora de saneamento e energia do estado para subir o preço.

Em Araçatuba (SP), para se ter uma ideia, o metro cúbico do gás natural veicular passou em uma semana de R$ 1,93 para R$ 2,22. “Eu tenho de ter a margem de trabalho, então tenho de passar este aumento para o consumidor final”, afirma João Batista Romanini, gerente de posto.


Com o aumento, o gás veicular deixou de ser vantajoso. Tanto é onde em uma oficina especializada em conversão para gás natural, vários clientes já vieram pedindo para retirar o gás natural. “Com este valor não compensa. Então as pessoas estão preferindo usar o etanol ou gasolina”, diz o mecânico Sérgio Giometti.


O gás natural para casas e restaurantes também está mais caro. O aumento foi de 7,6% e os empresários já estão sentindo o valor mais alto. “Esse aumento acabamos absorvendo, mas se vierem outros aumentos teremos de passar para o consumidor final”, explica Sérgio Miguel Lopes, dono de um restaurante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *