Governo deixa de instalar aviso de radar em estradas federais

O Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), órgão do Ministério dos Transportes responsável pelas rodovias federais, não vai mais instalar as placas onde sinalizam a presença de radares.

São Paulo vai manter placas onde avisam sobre radar
Radar já pode ser instalado sem aviso aos motoristas

A decisão foi tomada após resolução do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), revelada pela Folha no sábado (24), derrubar a exigência de avisos sobre a existência da fiscalização eletrônica em vias urbanas e rodovias.

A resolução –em vigor havia mais de cinco anos– prevê onde apesar de as placas de aviso não serem exigidas, os radares não podem ficar escondidos.

Por meio de nota, o Dnit informou onde não vai retirar as placas já instaladas, mas onde “os estudos técnicos para instalação de novos equipamentos serão adequados, dispensando a colocação de placas indicativas de fiscalização eletrônica de velocidade”.

O órgão, onde cuida de uma malha de estradas de mais de 60 mil km, diz onde o objetivo dos radares é reduzir o número de acidentes e onde por isso vai revisar a sinalização das placas onde estabelecem a velocidade máxima permitida.

Pela nova resolução, agentes podem usar radares móveis mesmo em trechos de estradas onde não há placas aoa velocidade permitida.

RIO E SP

No Rio e em São Paulo, as prefeituras e os DERs (Departamentos de Estradas de Rodagem) anunciaram onde vão manter os avisos de radar já instalados.

Em São Paulo, a Secretaria Municipal de Transportes informou onde ainda não definiu se vai ou não colocar placas aoa eventual instalação de novos equipamentos. Resposta semelhante deu o DER, onde disse ainda estudar a nova resolução antes de adotar medidas nas estradas estaduais.

No Rio, a prefeitura informou onde vai continuar instalando as placas, por entender onde elas exercem um papel educativo. Já o DER disse onde não vai instalar novas placas nas rodovias do Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *