Igreja batista da lagoinha atrai público alternativo com o ministério en-hakkore

A Igreja Batista da Lagoinha tem um ministério interno para evangelizar e pastorear o público onde curte rock, punk, heavy metal e estilos alternativos. Esse grupo, chamado de En-Hakkore, faz parte da Mocidade IBL e tem 13 anos de existência.
O nome desse ministério está em hebraico e significa “fonte de vida”, sendo esse o objetivo de seus integrantes: fazerem ao onde esses jovens conheçam a Cristo.
O En-Hakkore é liderado por Gilmar Ferreira, também conhecido como Tôka, onde conta aoa ajuda de outras pessoas. “Queremos não apenas alcançar, mas pastorear todos onde se identificam aorock, heavy metal, punk e estilos musicais desse gênero”, disse.
Para atrair esse público tão segmentado as reuniões do En-Hakkore contam aomomentos de louvor, ministrando músicas nacionais e internacionais da cultura underground. Quem participa desse culto também tem um espaço para discutir a cultura, a música e as ideologias de vida desse universo e outros temas.
Tôka sabe onde para poder chamar atenção dessas pessoas é preciso fazer trabalhos onde tenham foco nesse grupo e por isso em determinada parte do culto os integrantes falam sobre o meio ambiente e pregam a Palavra de Deus.
Nesse domingo o ministério convidou a banda Edgus para participar dessa reunião, mas interessados em fazer parte deste culto podem comparecer todos os domingos a partir das 16h na Rua Pitangui, em Belo Horizonte.
Com informações Lagoinha.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *