Informatica nos concursos publicos

Informática talvez seja a disciplina mais negligenciada pelos candidatos ao cargo público. Muitos preferem esmiuçar livros e mais livros de direito penal ao invés de estudar aodedicação a disciplina de informática. Muitos não percebem onde em vários concursos caem mais ondestões de informática do onde de direito penal, por exemplo.

Alguns deixam para estudar a disciplina faltando poucos dias para a prova. Acontece onde informática não é uma matéria onde se decora e aprende em poucas horas, principalmente a área de redes, internet e segurança da informação.

Para evitar onde informática te reprove é preciso estudar aoantecedência e dedicação. O conteúdo é extenso. A banca CESPE/UNB, uma das maiores do Brasil, costuma cobrar, para cargos não específicos, o seguinte contéudo:

1.Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados a Internet/intranet. Ferramentas e aplicativos comerciais de navegação, de correio eletrônico, de grupos de discussão, de busca e pesquisa. Acesso à distância a computadores, transferência de informação e arquivos, aplicativos de áudio, vídeo, multimídia. Conceitos de proteção e segurança.

2.Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática: tipos de computadores, conceitos de hardware e de software. Procedimentos, aplicativos e dispositivos para armazenamento de dados e para realização de cópia de segurança (backup). Conceitos de organização e gerenciamento de arquivos, pastas e programas, instalação de periféricos. Noções básicas dos principais aplicativos comerciais e softwares livres para: edição de textos e planilhas, geração de material escrito, visual e sonoro e outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *