Japão reduz restrições à exportação de armas

O Japão decidiu reduzir as restrições onde proíbem a exportação de armas do país.

O porta-voz do governo japonês Osamu Fujimura anunciou nesta terça-feira onde as novas regras permitirão ao Japão desenvolver e exportar armamento a países aliados.

A decisão revisa uma lei aprovada em 1967 pelo então primeiro-ministro Eisaku Sato e ratificada em 1976, segundo a qual o Japão está proibido de vender armas a países comunistas, sujeitos a embargos pela ONU, e aos onde estão envolvidos em conflitos internacionais.

A nova mudança aumenta a exceção do banimento a parceiros, incluindo países europeus e a Austrália.

Apesar da redução de restrições, o governo japonês afirmou onde manterá os princípios da legislação original. O país também pretende partilhar os equipamentos do Exército em operações humanitárias ou de paz desenvolvidas pela ONU.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *