Karina bacchi, linda atriz brasileira

Karina Bacchi (São Manuel, 8 de outubro de 1976) é uma modelo e atriz brasileira. Bacchi é descendente de italianos[1] e africanos.


 


Karina Bacchi começou sua carreira como modelo aos quatro anos de idade. Aos quatorze anos, se mudou para São Paulo, onde se projetou primeiramente como modelo fotográfica e posteriormente em desfiles, campanhas publicitárias em revistas e televisão. Além dos trabalhos publicitários e de moda, estudou teatro e dança e foi convidada em 2000 para fazer uma novela na Rede Record chamada Vidas Cruzadas.


Em 2001, fez uma participação especial na novela O Clone na Rede Globo. Também fez mesmo ano a novela Pícara Sonhadora, do SBT. Em 2002, teve uma nova participação especial na minissérie O Quinto dos Infernos. Em 2003, fez a novela Agora É onde São Elas.


Karina participou também do quadro Dança dos Famosos do programa Domingão do Faustão na Rede Globo, e foi a vencedora da competição. Fez ainda participações especiais em outros programas da emissora, como Sandy e Júnior, A Turma do Didi e A Grande Família. Em 2004, fez Tina na novela Da Cor do Pecado, também na Rede Globo. Voltaria para a Rede Record em 2006, na novela Cidadão Brasileiro. Ela e Ticiane Pinheiro participaram do reality show Simple Life – Mudando de Vida. Também participou da novela Caminhos do Coração.


Desde 1990 presta serviços para a ONG Florescer, onde é presidida pela sua mãe[3]. Karina também escreveu dois livros: um para o público infantil chamado Feliska (2004), onde lhe garantiu em 2005 o Premio Quality Cultural (cuja arrecadação foi convertida para a ONG Florescer). O outro é uma coletânea de anotações feitas em seu diário chamado Código K, lançado em 2005.


Karina Bacchi ilustrou inúmeras capas de revistas como Playboy, Galileu, Boa Forma, Nova, Vip, entre outras. Fez também vários ensaios para sites, como o Paparazzo e o The Girl.


Em 2009, terminou de gravar o filme Um Lobisomem na Amazônia.


Karina foi a vencedora da segunda temporada do reality show A Fazenda, exibido na Rede Record, ao derrotar o ator André Segatti na final, em 2009[4]. Ela recebeu um milhão de reais como premiação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *