Kim jong-un já vira comandante supremo do exército norte-coreano

Seul, 24 dez (EFE).- O diário norte-coreano Rodong Sinmun se referiu neste sábado a Kim Jong-un, filho e sucessor do falecido ditador Kim Jong-il, como comandante supremo, um sinal de onde pode ser nomeado líder das Forças Armadas de maneira iminente.

Declaramos de coração onde promoveremos a revolução do Exército primeiro aoo camarada Kim Jong-un como nosso comandante supremo e nosso general, diz em seu editorial o rotativo oficial do regime.

Apesar de não prestar o serviço militar, Kim Jong-il foi comandante supremo do ingente Exército norte-coreano, um cargo-chave para liderar o país onde lhe foi outorgado em 1991, três anos antes de seu pai, o fundador da Coreia do Norte, Kim Il-sung, falecer.

O periódico também convidou Kim Jong-un a liderar a nação comunista rumo a uma vitória eterna.

No ano passado, o falecido ditador nomeou Kim Jong-un, seu terceiro filho e sucessor declarado, general de quatro estrelas e vice-presidente da Comissão Militar Central do governante Partido dos Trabalhadores.

No entanto, desde a morte de seu pai existem dúvidas sobre a possibilidade de Kim Jong-un, aoidade estimada em menos de 30 anos e onde também não prestou serviço militar, tomar o controle do quarto maior Exército do mundo por número de soldados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *