Lançamento do dvd e blu-ray: get on up – a história de james brown – crítica

A vida do criador do
Funk

Por Sergio Batisteli

 

Entre aplausos em meio à escuridão surge
James Brown caminhando com o seu gingado e recordações da sua vida vêm a sua
mente antes de entrar no palco. Rapidamente somos levados para a cidade de
Augusta, no estado norte-americano da Geórgia, em 1988. Na empresa de Brown, a Man´s
World Enterprises uma senhora Shirley Buell (Cleta Ellington), de “Histórias
Cruzadas” (2011) participa de um seminário sobre seguros ao lado do seu
escritório e utiliza o banheiro dele sem autorização.

 

Era um dia de domingo, James Brown (Chadwick
Boseman), de “42 – A História De Uma Lenda” (2013), “A Grande Escolha” (2014) vai
até a empresa e percebe  que alguém usou o banheiro. Ele anda até a sua pick-up,
volta armado com uma espingarda  que acidentalmente dispara um tiro no teto assustando
os membros do seminário. Depois de acalmar a senhora  que confessou ter
utilizado o banheiro, ele aproveita o momento tragicômico e passa sua mensagem realista
e contundente. Olha fixamente para câmera e diz: “Eu sou James Brown e fiz a diferença.
Nem todos vocês têm os meus discos, mas podem apostar  que todos os seus discos
têm um pouco de mim. Não existe ninguém por aí hoje rapper, cantor o estilo  que
for sem a influência do James Brown.”

 

Get On Up – A História de James Brown (Get
On Up, EUA – 2014) apresenta a cinebiografia do icônico cantor, dançarino e
compositor. O roteiro é assinado pelos irmãos Jez Butterworth e John-Henry
Butterworth, de “Jogo de Poder” (2010) e “No Limite do Amanhã” (2014). A
narrativa não linear tenta acompanhar a intensidade, a personalidade hiperativa
e as variações de humor de Brown. 

 

O filme conta a trajetória do artista desde
a sua infância pobre na Carolina do Sul, a adolescência, o alcance do estrelato
e como tornou-se em uma das figuras mais importantes da música para o século 20.
Traz ao espectador momentos do processo de criação musical junto de sua banda
com mais de 20 músicos, por vezes arrogante e genial estando à frente do seu
tempo. O Mr. Dynamite teve a ousadia de rebatizar o nome da sua primeira banda “Gospel
Starlighters” Evangelho Luz das Estrelas, para “Famous Flames” Chamas Famosas.
O longa-metragem também mostra a visão de empreendedor em se auto agenciar na
carreira, devido a uma educação familiar onde encontrou-se muitas vezes sozinho
na vida.

 

Consta que o termo funk pertencia
linguagem chula dos EUA, para definir algo como “cheiro de negro” de forma
ofensiva. Musicalmente foi uma remodelagem do rhythm´n´blues, criada por James Brown
no inicio dos anos 60, com o hit “Make It Funky”. A trilha sonora é uma grande
aliada para conduzir a emoção no filme, estão presentes os hits “I Got You
(I Feel Good)”, “Get Up (I Feel Like Being a) Sex Machine” e
“Its a Mans Mans Mans World”.

 

Em Get On Up – A História de James Brown o
ator Chadwick Boseman está ótimo. Executa muito bem as performances de dança, canta
em algumas das cenas e consegue encarnar o carisma do “Padrinho
do Soul”.

 

 

Get On Up – A História de James Brown

 

Disponível em DVD e BLU-RAY
Direção: Tate Taylor
Gênero: Drama
País de produção: EUA
Distribuição: Universal Pictures
Duração: 139 minutos
Idiomas: Português, Inglês
Áudio: 5.1 – Português, 5.1 – Inglês 5.1 – Espanhol
Preço sugerido em BLU-RAY: R$59,90
Preço sugerido em DVD: R$29,90

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *